NOTÍCIAS

Os 10 melhores girl groups de k-pop da última década

Grupos que marcaram época na Coreia e ultrapassaram barreiras

por Redação em 13/07/2017

Desde o fim dos anos 1990, quando os girl groups originais de k-pop S.E.S, Baby V.O.X. e Fin.K.L dominaram o rádio, a Coreia do Sul tem produzido levas de grupos femininos muito talentosos.

Assim como elencamos os melhores girl groups ocidentais de acordo com seu desempenho nos rankings da Billboard, analisamos também os grupos de mulheres que tiveram o maior impacto na indústria do pop coreano na última década.

OS MAIORES GIRL GROUPS SEGUNDO OS RANKINGS DA BILLBOARD

Veja a lista abaixo:

10. miss A

Do single de estreia não convencional “Bad Girl Good Girl” para as batidas chiclete agressivas da mais recente “Only You”, miss A tem sido um dos grupos mais inovadores do k-pop. Fazendo homenagem ao Destiny’s Child no EP Independent Woman Part III e o single “I Don’t Need A Man”, o ex-quarteto – Jia deixou o grupo em 2016 e nada foi lançado por elas desde 2015 – segue sendo um dos grupos mais empoderadores do k-pop na última década.

09. Apink

Enquanto a indústria musical coreana passou pelo crescimento de grupos mais dominantes, com um discurso de empoderamento feminino desde 2010, Apink se destacou pelas faixas pop suaves e estilo inocente. Apesar do sucesso internacional não ser tão grande quanto de outros grupos desta lista, o Apink permanece sendo um dos grupos mais queridos na Coreia do Sul e influencia a nova geração (Lovelyz, Gfriend, April etc).

08. 4Minute

Com a rapper HyunA no epicentro do grupo, 4Minute sobreviveu de uma sonoridade mais electropop na primeira metade da carreira, antes de experimentar mais a sonoridade com o hip hop (“What’s Your Name?”, “Watcha Doin’ Today?”) e baladas pop melancólicas (“Cold Rain”). Quando a carreira estava chegando ao fim, lançaram “Crazy”, uma das faixas mais dinâmicas que o k-pop viu na última década, antes do término oficial com “Hate”.

07. f(x)

O som eletrônico e synthpop efervescente da f(x) é criativo e acessível a um público que não está acostumado com o k-pop. Com álbuns como Pink Tape, Red Light e 4 Walls, esse quarteto (antigamente um quinteto) se destaca entre outros grupos do gênero desta década. Diferentemente de muitos grupos coreanos, elas focam em álbuns completos, ao contrário de Eps, repletos de boas faixas pop.

06. Kara

Antigamente, poucos grupos podiam se comparar com o Kara. Com batidas envolventes e músicas cheias de camadas, Kara reinou com hits como “Mister”, “Step” e “Lupin”. O legado deste girl group reside em ser um dos que teve mais impacto no Japão. Com suas músicas viciantes, Kara dominou os rankings japoneses e foi o primeiro grupo estrangeiro feminino a se apresentar no Tokyo Dome.

05. After School e sub-unidade Orange Caramel

Poucos outros grupos na Coreia se dedicam tanto em suas performances do jeito que o After School fazia nos primeiros anos da carreira. Seja se transformando em uma banda marcial durante a divulgação do single “Bang” ou mostrando a tristeza de “First Love” em uma coreografia no pole dance, poucos valorizaram tanto a performance quanto este grupo. E o que o After School não fez, a sub-unidade Orange Caramel – com as integrantes Nana, Lizzy e Raina – fez, como se transformar em sushi humano. Nenhum dos dois grupos lança faixas desde 2014, mas o impacto ainda é sentido.

04. Brown Eyed Girls

Apesar de no início esconderem seus rostos do público, o grupo resolveu se mostrar e se tornou um dos grupos mais inovadores. As faixas exalam poder e o quarteto – o girl group coreano com a mesma formação por mais tempo – está sempre pronto para inovar cada vez mais. Elas já fizeram de tudo, desde promover liberdade de expressão em “Sixth Sense” a falar sobre sexualidade feminina em “Warm Hole”, mas foi a faixa arrogantemente sexy “Abracadabra”, de 2009, que as colocou na história do k-pop.

03. Wonder Girls

Um dos grupos mais resilientes da indústria antes do término no início deste ano, as Wonder Girls dominaram a Coreia do Sul com seu som moderno e retro ao mesmo tempo. Hits como “Tell Me” e “Nobody” foram alguns dos primeiros virais coreanos e, após uma tentativa falha de entrar no mercado norte-americano e algumas mudanças de integrantes, o disco Reboot, de 2015, é um dos melhores exemplos de readequação de marca que o k-pop já viu. “Why So Lonely” permitiu que o grupo terminasse sua história de forma positiva.

02. 2NE1

O quarteto que canta “I Am The Best” dominou o k-pop com seu carisma desde o primeiro dia com o single “Fire”, de 2009. 2NE1 e sua sonoridade hip pop levou o grupo a alturas astronômicas e elas abriram caminho para outros grupos mais empoderados. Entre as faixas animadas e aquelas mais vulveráveis, como “Ugly” e “Lonely”, o 2NE1 fez sucesso em todo o mundo. O último disco do grupo, Crush, de 2014, foi o álbum coreano a chegar mais longe no Billboard 200 por dois anos, até perder o posto para Wings, do BTS.

01. Girls' Generation

Firmes e fortes com 10 anos de carreira, elas são a realeza do k-pop, sem dúvidas. Anteriormente formado por nove garotas, as atuais oito integrantes continuam a encantar a Coreia do Sul com suas faixas bem produzidas e feminilidade vibrante.

Taeyeon, Tiffany, Sooyoung, Seohyun, YoonA, Yuri, Hyoyeon, Sunny e a ex-integrante Jessica Jung moldaram uma geração de grupos femininos de k-pop quando a animada “Gee” se tornou o hit do ano em 2009. Desde então, elas têm se mantido fieis a sonoridade que as tornou conhecidas, além de experimentar com faixas mais dramáticas como “Catch Me If You Can”, com pegada de EDM” e “You Think”, sem perder a essência. Apesar de estarem juntas há tantos anos e algumas integrantes terem ido atrás de outras carreiras – Girls’ Generation não mostra qualquer sinal de desacelerar: Elas estão planejando lançar um álbum especial em agosto para comemorar os 10 anos de carreira.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Os 10 melhores girl groups de k-pop da última década

Grupos que marcaram época na Coreia e ultrapassaram barreiras

por Redação em 13/07/2017

Desde o fim dos anos 1990, quando os girl groups originais de k-pop S.E.S, Baby V.O.X. e Fin.K.L dominaram o rádio, a Coreia do Sul tem produzido levas de grupos femininos muito talentosos.

Assim como elencamos os melhores girl groups ocidentais de acordo com seu desempenho nos rankings da Billboard, analisamos também os grupos de mulheres que tiveram o maior impacto na indústria do pop coreano na última década.

OS MAIORES GIRL GROUPS SEGUNDO OS RANKINGS DA BILLBOARD

Veja a lista abaixo:

10. miss A

Do single de estreia não convencional “Bad Girl Good Girl” para as batidas chiclete agressivas da mais recente “Only You”, miss A tem sido um dos grupos mais inovadores do k-pop. Fazendo homenagem ao Destiny’s Child no EP Independent Woman Part III e o single “I Don’t Need A Man”, o ex-quarteto – Jia deixou o grupo em 2016 e nada foi lançado por elas desde 2015 – segue sendo um dos grupos mais empoderadores do k-pop na última década.

09. Apink

Enquanto a indústria musical coreana passou pelo crescimento de grupos mais dominantes, com um discurso de empoderamento feminino desde 2010, Apink se destacou pelas faixas pop suaves e estilo inocente. Apesar do sucesso internacional não ser tão grande quanto de outros grupos desta lista, o Apink permanece sendo um dos grupos mais queridos na Coreia do Sul e influencia a nova geração (Lovelyz, Gfriend, April etc).

08. 4Minute

Com a rapper HyunA no epicentro do grupo, 4Minute sobreviveu de uma sonoridade mais electropop na primeira metade da carreira, antes de experimentar mais a sonoridade com o hip hop (“What’s Your Name?”, “Watcha Doin’ Today?”) e baladas pop melancólicas (“Cold Rain”). Quando a carreira estava chegando ao fim, lançaram “Crazy”, uma das faixas mais dinâmicas que o k-pop viu na última década, antes do término oficial com “Hate”.

07. f(x)

O som eletrônico e synthpop efervescente da f(x) é criativo e acessível a um público que não está acostumado com o k-pop. Com álbuns como Pink Tape, Red Light e 4 Walls, esse quarteto (antigamente um quinteto) se destaca entre outros grupos do gênero desta década. Diferentemente de muitos grupos coreanos, elas focam em álbuns completos, ao contrário de Eps, repletos de boas faixas pop.

06. Kara

Antigamente, poucos grupos podiam se comparar com o Kara. Com batidas envolventes e músicas cheias de camadas, Kara reinou com hits como “Mister”, “Step” e “Lupin”. O legado deste girl group reside em ser um dos que teve mais impacto no Japão. Com suas músicas viciantes, Kara dominou os rankings japoneses e foi o primeiro grupo estrangeiro feminino a se apresentar no Tokyo Dome.

05. After School e sub-unidade Orange Caramel

Poucos outros grupos na Coreia se dedicam tanto em suas performances do jeito que o After School fazia nos primeiros anos da carreira. Seja se transformando em uma banda marcial durante a divulgação do single “Bang” ou mostrando a tristeza de “First Love” em uma coreografia no pole dance, poucos valorizaram tanto a performance quanto este grupo. E o que o After School não fez, a sub-unidade Orange Caramel – com as integrantes Nana, Lizzy e Raina – fez, como se transformar em sushi humano. Nenhum dos dois grupos lança faixas desde 2014, mas o impacto ainda é sentido.

04. Brown Eyed Girls

Apesar de no início esconderem seus rostos do público, o grupo resolveu se mostrar e se tornou um dos grupos mais inovadores. As faixas exalam poder e o quarteto – o girl group coreano com a mesma formação por mais tempo – está sempre pronto para inovar cada vez mais. Elas já fizeram de tudo, desde promover liberdade de expressão em “Sixth Sense” a falar sobre sexualidade feminina em “Warm Hole”, mas foi a faixa arrogantemente sexy “Abracadabra”, de 2009, que as colocou na história do k-pop.

03. Wonder Girls

Um dos grupos mais resilientes da indústria antes do término no início deste ano, as Wonder Girls dominaram a Coreia do Sul com seu som moderno e retro ao mesmo tempo. Hits como “Tell Me” e “Nobody” foram alguns dos primeiros virais coreanos e, após uma tentativa falha de entrar no mercado norte-americano e algumas mudanças de integrantes, o disco Reboot, de 2015, é um dos melhores exemplos de readequação de marca que o k-pop já viu. “Why So Lonely” permitiu que o grupo terminasse sua história de forma positiva.

02. 2NE1

O quarteto que canta “I Am The Best” dominou o k-pop com seu carisma desde o primeiro dia com o single “Fire”, de 2009. 2NE1 e sua sonoridade hip pop levou o grupo a alturas astronômicas e elas abriram caminho para outros grupos mais empoderados. Entre as faixas animadas e aquelas mais vulveráveis, como “Ugly” e “Lonely”, o 2NE1 fez sucesso em todo o mundo. O último disco do grupo, Crush, de 2014, foi o álbum coreano a chegar mais longe no Billboard 200 por dois anos, até perder o posto para Wings, do BTS.

01. Girls' Generation

Firmes e fortes com 10 anos de carreira, elas são a realeza do k-pop, sem dúvidas. Anteriormente formado por nove garotas, as atuais oito integrantes continuam a encantar a Coreia do Sul com suas faixas bem produzidas e feminilidade vibrante.

Taeyeon, Tiffany, Sooyoung, Seohyun, YoonA, Yuri, Hyoyeon, Sunny e a ex-integrante Jessica Jung moldaram uma geração de grupos femininos de k-pop quando a animada “Gee” se tornou o hit do ano em 2009. Desde então, elas têm se mantido fieis a sonoridade que as tornou conhecidas, além de experimentar com faixas mais dramáticas como “Catch Me If You Can”, com pegada de EDM” e “You Think”, sem perder a essência. Apesar de estarem juntas há tantos anos e algumas integrantes terem ido atrás de outras carreiras – Girls’ Generation não mostra qualquer sinal de desacelerar: Elas estão planejando lançar um álbum especial em agosto para comemorar os 10 anos de carreira.