NOTÍCIAS

Oscar: Academia elimina concorrente na categoria Melhor Canção Original

por em 31/01/2014
Imagem: Divulgação/Alone Yet Not Alone

Pela primeira vez na história, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas eliminou um indicado ao Oscar antes da premiação. A faixa “Alone Yet Not Alone”, do filme homônimo, está fora da disputa na categoria Melhor Canção Original.

Em comunicado enviado à imprensa nesta quinta-feira (30), os responsáveis pela premiação afirmaram que o motivo da desclassificação foi o fato de que um dos autores da música, Bruce Broughton, ex-presidente e atual membro do comitê executivo da Academia, teria influenciado os colegas votantes para conseguir a indicação.

Broughton admitiu que chegou a enviar e-mails aos colegas, mas alega que a intenção era apenas avisá-los de que sua música era elegível e evitar que o filme passasse despercebido, por se tratar de uma produção de pequeno porte. “Não importa o quão bem intencionado ele foi. Usar a sua posição para promover a sua própria indicação ao Oscar nos parece uma vantagem injusta”, diz um trecho do comunicado assinado pela presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs.

Os organizadores do Oscar anunciaram ainda que não pretendem adicionar um novo candidato à categoria de Melhor Canção Original. “Happy”, de Meu Malvado Favorito 2, “Ordinary Love”, de Mandela,  “Let It Go”, de Frozen: Uma Aventura Congelante, e “The Moon Song”, de Ela, são as faixas que continuam na disputa. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Apelido Carinhoso
Gusttavo Lima
2
Largado às Traças
Zé Neto & Cristiano
3
2050
Luan Santana
4
1, 2, 3
Cleber & Cauan
5
Transplante (part. Bruno & Marrone)
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Oscar: Academia elimina concorrente na categoria Melhor Canção Original

por em 31/01/2014
Imagem: Divulgação/Alone Yet Not Alone

Pela primeira vez na história, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas eliminou um indicado ao Oscar antes da premiação. A faixa “Alone Yet Not Alone”, do filme homônimo, está fora da disputa na categoria Melhor Canção Original.

Em comunicado enviado à imprensa nesta quinta-feira (30), os responsáveis pela premiação afirmaram que o motivo da desclassificação foi o fato de que um dos autores da música, Bruce Broughton, ex-presidente e atual membro do comitê executivo da Academia, teria influenciado os colegas votantes para conseguir a indicação.

Broughton admitiu que chegou a enviar e-mails aos colegas, mas alega que a intenção era apenas avisá-los de que sua música era elegível e evitar que o filme passasse despercebido, por se tratar de uma produção de pequeno porte. “Não importa o quão bem intencionado ele foi. Usar a sua posição para promover a sua própria indicação ao Oscar nos parece uma vantagem injusta”, diz um trecho do comunicado assinado pela presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs.

Os organizadores do Oscar anunciaram ainda que não pretendem adicionar um novo candidato à categoria de Melhor Canção Original. “Happy”, de Meu Malvado Favorito 2, “Ordinary Love”, de Mandela,  “Let It Go”, de Frozen: Uma Aventura Congelante, e “The Moon Song”, de Ela, são as faixas que continuam na disputa.