NOTÍCIAS

Ouça inédita do grupo A Cor do Som: “Olhos D’Água”

Grupo, famoso nos anos 1970, se reuniu em 2015 para shows e um disco de inéditas

por Marcos Lauro em 16/09/2016

O final dos anos 1970 foi propício para a formação de um grupo como A Cor do Som. Ao mesmo tempo em que buscavam as raízes brasileiras com o samba e o chorinho, muitos artistas da época já viviam a era da psicodelia e do rock, fosse ele progressivo ou hard, e faziam questão de misturar tudo isso. O resultado: ritmos regionais como o forró conviviam lado a lado com solos de guitarra. Esse é o ambiente de A Cor do Som, grupo inspirado diretamente por Novos Baianos, Caetano Veloso, Gilberto Gil e toda a Tropicália.

A Cor do Som pode ser considerada um dos dream team da música brasileira, pela relevância e importância de cada um dos seus integrantes. Dadi gravou com os Tribalistas e é parceiro de Marisa Monte, Maria Gadú e Arnaldo Antunes. Mú Carvalho, tecladista, é produtor musical da TV Globo e compositor de trilhas de cinema e teatro. Armandinho, guitarrista criador da guitarra baiana, comanda o Trio Elétrico Dodô e Osmar. Ary Dias, percussionista, já tocou com Gilberto Gil e Rita Lee, entre outros. Gustavo Schroeter, baterista, tocou com Raul Seixas e Zé Ramalho.

Em 2005, a banda lançou um álbum acústico com a formação original e, no final de 2015, se reuniu novamente para shows e um disco de inéditas, que está em produção. Enquanto ele não chega, ouça “Olhos D’Água”:

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Ouça inédita do grupo A Cor do Som: “Olhos D’Água”

Grupo, famoso nos anos 1970, se reuniu em 2015 para shows e um disco de inéditas

por Marcos Lauro em 16/09/2016

O final dos anos 1970 foi propício para a formação de um grupo como A Cor do Som. Ao mesmo tempo em que buscavam as raízes brasileiras com o samba e o chorinho, muitos artistas da época já viviam a era da psicodelia e do rock, fosse ele progressivo ou hard, e faziam questão de misturar tudo isso. O resultado: ritmos regionais como o forró conviviam lado a lado com solos de guitarra. Esse é o ambiente de A Cor do Som, grupo inspirado diretamente por Novos Baianos, Caetano Veloso, Gilberto Gil e toda a Tropicália.

A Cor do Som pode ser considerada um dos dream team da música brasileira, pela relevância e importância de cada um dos seus integrantes. Dadi gravou com os Tribalistas e é parceiro de Marisa Monte, Maria Gadú e Arnaldo Antunes. Mú Carvalho, tecladista, é produtor musical da TV Globo e compositor de trilhas de cinema e teatro. Armandinho, guitarrista criador da guitarra baiana, comanda o Trio Elétrico Dodô e Osmar. Ary Dias, percussionista, já tocou com Gilberto Gil e Rita Lee, entre outros. Gustavo Schroeter, baterista, tocou com Raul Seixas e Zé Ramalho.

Em 2005, a banda lançou um álbum acústico com a formação original e, no final de 2015, se reuniu novamente para shows e um disco de inéditas, que está em produção. Enquanto ele não chega, ouça “Olhos D’Água”: