NOTÍCIAS

Petição exige que Sony Music cancele contrato com R. Kelly

Artista foi acusado de manter mulheres em cárcere privado para culto sexual

por Redação em 19/07/2017

Uma nova petição demanda que a gravadora Sony Music cancele o contrato de R. Kelly após acusações feitas na segunda-feira (17/07) sobre o cantor operar um culto sexual.

Reportada originalmente no BuzzFeed, a história trazia detalhes sobre mulheres entre as idades de 18 e 26 anos que estão supostamente sendo mantidas refém nas propriedades do cantor em Chicago e Atlanta. De acordo com a história, Kelly controla todos os aspectos de suas vidas, incluindo “o que comem, como se vestem, quando se banham, quando dormem e como se portar em relações sexuais gravadas por ele”. Caso as regras sejam quebradas, as mulheres seriam abusadas verbalmente e fisicamente por ele, segundo o artigo.

R. KELLY É ACUSADO DE MANTER JOVENS EM CÁRCERE PRIVADO PARA CULTO SEXUAL

“Não podemos permitir que abusadores fiquem livres porque são ricos e famosos. Vamos trabalhar juntos para transformar R. Kelly em um símbolo pelos direitos das vítimas, relembrando abusadores que eles não são intocáveis”, diz o texto da petição.

Depois que a história foi publicada na segunda, Linda Mensch, advogada do artista, disse em um comunicado para o Pitchfork que seu cliente nega as acusações. “O senhor Robert Kelly está assustado e perturbado com as recentes revelações atribuídas a ele. Ele nega as acusações e trabalhará para limpar seu nome”, diz o texto.

LINHA DO TEMPO DOS PROBLEMAS DE R. KELLY COM A LEI

A petição já conta com mais de 9 mil assinaturas. O objetivo é chegar a 10 mil. “Membros falam rotineiramente sobre barrar predadores sexuais que receberam um passe livre da sociedade como Bill O’Reilly, Bill Cosby e Dr. Luke. É a hora de falar ainda mais alto contra R. Kelly”.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Petição exige que Sony Music cancele contrato com R. Kelly

Artista foi acusado de manter mulheres em cárcere privado para culto sexual

por Redação em 19/07/2017

Uma nova petição demanda que a gravadora Sony Music cancele o contrato de R. Kelly após acusações feitas na segunda-feira (17/07) sobre o cantor operar um culto sexual.

Reportada originalmente no BuzzFeed, a história trazia detalhes sobre mulheres entre as idades de 18 e 26 anos que estão supostamente sendo mantidas refém nas propriedades do cantor em Chicago e Atlanta. De acordo com a história, Kelly controla todos os aspectos de suas vidas, incluindo “o que comem, como se vestem, quando se banham, quando dormem e como se portar em relações sexuais gravadas por ele”. Caso as regras sejam quebradas, as mulheres seriam abusadas verbalmente e fisicamente por ele, segundo o artigo.

R. KELLY É ACUSADO DE MANTER JOVENS EM CÁRCERE PRIVADO PARA CULTO SEXUAL

“Não podemos permitir que abusadores fiquem livres porque são ricos e famosos. Vamos trabalhar juntos para transformar R. Kelly em um símbolo pelos direitos das vítimas, relembrando abusadores que eles não são intocáveis”, diz o texto da petição.

Depois que a história foi publicada na segunda, Linda Mensch, advogada do artista, disse em um comunicado para o Pitchfork que seu cliente nega as acusações. “O senhor Robert Kelly está assustado e perturbado com as recentes revelações atribuídas a ele. Ele nega as acusações e trabalhará para limpar seu nome”, diz o texto.

LINHA DO TEMPO DOS PROBLEMAS DE R. KELLY COM A LEI

A petição já conta com mais de 9 mil assinaturas. O objetivo é chegar a 10 mil. “Membros falam rotineiramente sobre barrar predadores sexuais que receberam um passe livre da sociedade como Bill O’Reilly, Bill Cosby e Dr. Luke. É a hora de falar ainda mais alto contra R. Kelly”.