NOTÍCIAS

“Planeta Atlântida já faz parte do calendário do jovem gaúcho”, diz gerente artístico do festival

23ª edição do festival traz nomes diversos como Phoenix, Anitta, Pabllo Vittar, O Rappa, Simone & Simaria, Anavitória e Vintage Culture

por Marcos Lauro em 11/01/2018

Nos dias 2 e 3 de fevereiro, a praia de Atlântida vai receber mais uma edição – a 23ª – do festival que já entrou no calendário do jovem gaúcho. “É Réveillon, Planeta Atlântida e Carnaval”, conta Gustavo Sirotsky, gerente artístico do evento, em um bate-papo com a Billboard Brasil, que estará mais uma vez presente no Rio Grande do Sul para acompanhar os shows de perto.

RELEMBRE COMO FOI O FESTIVAL PLANETA ATLÂNTIDA 2017

Acompanhando o gosto do jovem fã de música, que cada vez mais ouve de tudo um pouco e não se prende mais a gêneros musicais, o festival traz um line up bastante diversificado e com uma novidade: um quarto palco, com música eletrônica. “O festival está com um super fôlego nesse ano, mesmo com essa crise maluca que acaba parando muitas coisas”, conta Gustavo, que se anima com a vinda dos franceses do Phoenix: “Será a primeira vez deles no Rio Grande do Sul e essa vinda já é um namoro antigo que deu certo agora”. O gerente artístico aproveita para reforçar a diversidade: “A gente conseguiu fazer um mix muito especial e manter o espírito de festa que o festival tem. Tem grandes atrações em todos os palcos”, resume.

Uma das marcas do festival é reservar espaços para bandas do sul, das novas às mais tradicionais. Em 2017, a Billboard Brasil acompanhou o show do Ultramen e viu a animação tanto dos integrantes quanto da plateia por estarem num momento “caseiro” do festival. Nesse ano, o Planeta mantém essa tradição e ainda promove um encontro da banda Comunidade Nin Jitsu e Mr. Catra. “Esses artistas gaúchos são quase sócios do festival, nos ajudaram a crescer e também os ajudamos. A gauchada está sempre bem representada com a Comunidade, fazendo um encontro com o Catra, com o Armandinho... muita gente pensa que o Armandinho é catarinense, mas não! Ele é gaúcho! Armandinho é nosso!”, brinca Gustavo.

O processo de busca por artistas que vão formar o line up é quase ininterrupto e já começa logo após a realização de cada edição. “Nós fazemos 20, 30, até 40 ofertas no mercado. Tentamos o Major Lazer, mas eles vieram em dezembro para a América do Sul, no festival argentino BUE, e isso inviabilizou a volta deles [pro continente]. No caso do Phoenix, a repercussão da confirmação deles até nos surpreendeu positivamente”, conta Gustavo. Geralmente, organizadores de festivais não gostam muito de abrir o jogo sobre artistas que sonham em trazer para os seus eventos. Mas Gustavo não titubeou: “Ah, Snoop Dogg. Quem não quer ver Snoop Dogg?”. Fica a esperança para o Planeta Atlântida 2019.

Veja o line up completo, separado por palcos e dias:

26758708_1967139726635170_1105556942555179462_o

26677786_1967139723301837_5314914462861892743_o

Serviço:
Festival Planeta Atlântida
Atlântida – Rio Grande do Sul
2 e 3/2
Ingressos: de R$ 220 a R$ 700 (verificar lote pelo site oficial).

 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Pegada que Desgrama
Naiara Azevedo
2
Rapariga Não (Part. Simone & Simaria)
João Neto & Frederico
3
Dona Maria (Part. Jorge)
Thiago Brava
4
Apelido Carinhoso
Gusttavo Lima
5
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

“Planeta Atlântida já faz parte do calendário do jovem gaúcho”, diz gerente artístico do festival

23ª edição do festival traz nomes diversos como Phoenix, Anitta, Pabllo Vittar, O Rappa, Simone & Simaria, Anavitória e Vintage Culture

por Marcos Lauro em 11/01/2018

Nos dias 2 e 3 de fevereiro, a praia de Atlântida vai receber mais uma edição – a 23ª – do festival que já entrou no calendário do jovem gaúcho. “É Réveillon, Planeta Atlântida e Carnaval”, conta Gustavo Sirotsky, gerente artístico do evento, em um bate-papo com a Billboard Brasil, que estará mais uma vez presente no Rio Grande do Sul para acompanhar os shows de perto.

RELEMBRE COMO FOI O FESTIVAL PLANETA ATLÂNTIDA 2017

Acompanhando o gosto do jovem fã de música, que cada vez mais ouve de tudo um pouco e não se prende mais a gêneros musicais, o festival traz um line up bastante diversificado e com uma novidade: um quarto palco, com música eletrônica. “O festival está com um super fôlego nesse ano, mesmo com essa crise maluca que acaba parando muitas coisas”, conta Gustavo, que se anima com a vinda dos franceses do Phoenix: “Será a primeira vez deles no Rio Grande do Sul e essa vinda já é um namoro antigo que deu certo agora”. O gerente artístico aproveita para reforçar a diversidade: “A gente conseguiu fazer um mix muito especial e manter o espírito de festa que o festival tem. Tem grandes atrações em todos os palcos”, resume.

Uma das marcas do festival é reservar espaços para bandas do sul, das novas às mais tradicionais. Em 2017, a Billboard Brasil acompanhou o show do Ultramen e viu a animação tanto dos integrantes quanto da plateia por estarem num momento “caseiro” do festival. Nesse ano, o Planeta mantém essa tradição e ainda promove um encontro da banda Comunidade Nin Jitsu e Mr. Catra. “Esses artistas gaúchos são quase sócios do festival, nos ajudaram a crescer e também os ajudamos. A gauchada está sempre bem representada com a Comunidade, fazendo um encontro com o Catra, com o Armandinho... muita gente pensa que o Armandinho é catarinense, mas não! Ele é gaúcho! Armandinho é nosso!”, brinca Gustavo.

O processo de busca por artistas que vão formar o line up é quase ininterrupto e já começa logo após a realização de cada edição. “Nós fazemos 20, 30, até 40 ofertas no mercado. Tentamos o Major Lazer, mas eles vieram em dezembro para a América do Sul, no festival argentino BUE, e isso inviabilizou a volta deles [pro continente]. No caso do Phoenix, a repercussão da confirmação deles até nos surpreendeu positivamente”, conta Gustavo. Geralmente, organizadores de festivais não gostam muito de abrir o jogo sobre artistas que sonham em trazer para os seus eventos. Mas Gustavo não titubeou: “Ah, Snoop Dogg. Quem não quer ver Snoop Dogg?”. Fica a esperança para o Planeta Atlântida 2019.

Veja o line up completo, separado por palcos e dias:

26758708_1967139726635170_1105556942555179462_o

26677786_1967139723301837_5314914462861892743_o

Serviço:
Festival Planeta Atlântida
Atlântida – Rio Grande do Sul
2 e 3/2
Ingressos: de R$ 220 a R$ 700 (verificar lote pelo site oficial).