NOTÍCIAS

Presidente do UFC critica Jason Aldean

Músico country não se apresentou em luta do UFC porque preferiu se apresentar na TV em tributo às vítimas do atentado de Las Vegas

por Redação em 09/10/2017

O presidente do UFC, Dana White, criticou o cantor country Jason Aldean por ter escolhido se apresentar no programa de televisão Saturday Night Live em vez de cantar o hino nacional antes da luta do UFC 216 em Las Vegas no último fim de semana.

FOSTER THE PEOPLE SE RECUSA A TOCAR “PUMPED UP KICKS” APÓS ATENTADO EM LAS VEGAS

"A imagem dele [na TV] era mais importante do que voltar a Vegas e cantar para as pessoas que são fãs e levaram um tiro enquanto assistiam ao seu show”, disse White ao TMZ. “Vá se fod** Jason Aldean. Fique fora de Vegas”.

No Saturday Night Live, Aldean cantou “I Won’t Back Down”, de Tom Petty, como tributo às vítimas do atentado terrorista no festival Route 91 em Las Vegas, em que 58 pessoas perderam as vidas. Jason Aldean estava se apresentando no evento no momento em que os tiros começaram a ser disparados do 32º andar do hotel Mandalay Bay.

DEPOIS DE LAS VEGAS, A COUNTRY MUSIC VAI CONTINUAR PRÓ-ARMAS?

Neste fim de semana, o cantor retornou à cidade ao lado de sua esposa para encontrar com pessoas que foram feridas no atentado em dois hospitais diferentes.

Antes de se apresentar no SNL, Aldean falou com o público: “Assim como todos, estou tendo dificuldades para entender o que aconteceu naquela noite e para encontrar uma forma de me reconstruir e começar a sarar. Muitas pessoas estão sofrendo. Filhos, pais, irmãos, irmãs, amigos. Todos são parte da nossa família. Então quero dizer a eles: estamos sofrendo por vocês. Estamos sofrendo com vocês. Mas podem ter certeza de que vamos passar por esses tempos difíceis juntos. Porque quando a América está no seu melhor, nossa união e nosso espírito – são inquebráveis”.

Na conversa com o TMZ, White disse que tentou contato com outras estrelas da música country, mas que todos negaram seu convite para cantar o hino antes da luta. “A música country foi atacada. Eram fãs de música country. Aquelas são as pessoas que compram seus álbuns e ninguém da música country pôde cantar o hino para os sobreviventes e socorristas”.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Presidente do UFC critica Jason Aldean

Músico country não se apresentou em luta do UFC porque preferiu se apresentar na TV em tributo às vítimas do atentado de Las Vegas

por Redação em 09/10/2017

O presidente do UFC, Dana White, criticou o cantor country Jason Aldean por ter escolhido se apresentar no programa de televisão Saturday Night Live em vez de cantar o hino nacional antes da luta do UFC 216 em Las Vegas no último fim de semana.

FOSTER THE PEOPLE SE RECUSA A TOCAR “PUMPED UP KICKS” APÓS ATENTADO EM LAS VEGAS

"A imagem dele [na TV] era mais importante do que voltar a Vegas e cantar para as pessoas que são fãs e levaram um tiro enquanto assistiam ao seu show”, disse White ao TMZ. “Vá se fod** Jason Aldean. Fique fora de Vegas”.

No Saturday Night Live, Aldean cantou “I Won’t Back Down”, de Tom Petty, como tributo às vítimas do atentado terrorista no festival Route 91 em Las Vegas, em que 58 pessoas perderam as vidas. Jason Aldean estava se apresentando no evento no momento em que os tiros começaram a ser disparados do 32º andar do hotel Mandalay Bay.

DEPOIS DE LAS VEGAS, A COUNTRY MUSIC VAI CONTINUAR PRÓ-ARMAS?

Neste fim de semana, o cantor retornou à cidade ao lado de sua esposa para encontrar com pessoas que foram feridas no atentado em dois hospitais diferentes.

Antes de se apresentar no SNL, Aldean falou com o público: “Assim como todos, estou tendo dificuldades para entender o que aconteceu naquela noite e para encontrar uma forma de me reconstruir e começar a sarar. Muitas pessoas estão sofrendo. Filhos, pais, irmãos, irmãs, amigos. Todos são parte da nossa família. Então quero dizer a eles: estamos sofrendo por vocês. Estamos sofrendo com vocês. Mas podem ter certeza de que vamos passar por esses tempos difíceis juntos. Porque quando a América está no seu melhor, nossa união e nosso espírito – são inquebráveis”.

Na conversa com o TMZ, White disse que tentou contato com outras estrelas da música country, mas que todos negaram seu convite para cantar o hino antes da luta. “A música country foi atacada. Eram fãs de música country. Aquelas são as pessoas que compram seus álbuns e ninguém da música country pôde cantar o hino para os sobreviventes e socorristas”.