NOTÍCIAS

Russos querem lançar “incubadora” para estrelas patriotas

por em 27/07/2015

A Rússia planeja criar um grupo de mídia focado na promoção de artistas "patriotas" para se certificar de que as mensagens enviadas nas letras estão de acordo com a ideologia oficial do país.

Segundo o jornal russo Vedomosti, Vladimir Kiselev, chefe do Federation Fund, e Olga Plaksina, acionista do Russian Media Group (RMG) enviaram uma carta ao presidente Vladimir Putin falando sobre a criação da companhia que se tornará uma "incubadora para superestrelas locais".

De acordo com a carta, por conta das más relações da Rússia com países ocidentais, é importante que os artistas locais sejam mais promovidos do que os estrangeiros, mas a nova organização também se certificará que esses artistas passem as mensagens patriotas “corretas” – sob o ponto de vista governamental, claro.

A iniciativa, que alguns anos atrás não seria nada além de bizarra, tem boas chances de ser executada, dado o atual clima político e ideológico da Rússia.

Vários artistas estrangeiros, como Black Keys, Pulp e Mark Knopfler publicamente se recusaram a fazer shows no país como um protesto às ações do governo.

E para você que não está familiarizado com os grandes nomes da música russa, aqui estão dez horas de “I Am Glad, 'Cause I'm Finally Returning Back Home” – ou apenas “Trololololo” –, um clássico de 1976 do cantor Eduard Khil, que faleceu em 2012, mas cujo talento está perpetuado graças à internet:

https://www.youtube.com/watch?v=ednKK8GlvwI
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Russos querem lançar “incubadora” para estrelas patriotas

por em 27/07/2015

A Rússia planeja criar um grupo de mídia focado na promoção de artistas "patriotas" para se certificar de que as mensagens enviadas nas letras estão de acordo com a ideologia oficial do país.

Segundo o jornal russo Vedomosti, Vladimir Kiselev, chefe do Federation Fund, e Olga Plaksina, acionista do Russian Media Group (RMG) enviaram uma carta ao presidente Vladimir Putin falando sobre a criação da companhia que se tornará uma "incubadora para superestrelas locais".

De acordo com a carta, por conta das más relações da Rússia com países ocidentais, é importante que os artistas locais sejam mais promovidos do que os estrangeiros, mas a nova organização também se certificará que esses artistas passem as mensagens patriotas “corretas” – sob o ponto de vista governamental, claro.

A iniciativa, que alguns anos atrás não seria nada além de bizarra, tem boas chances de ser executada, dado o atual clima político e ideológico da Rússia.

Vários artistas estrangeiros, como Black Keys, Pulp e Mark Knopfler publicamente se recusaram a fazer shows no país como um protesto às ações do governo.

E para você que não está familiarizado com os grandes nomes da música russa, aqui estão dez horas de “I Am Glad, 'Cause I'm Finally Returning Back Home” – ou apenas “Trololololo” –, um clássico de 1976 do cantor Eduard Khil, que faleceu em 2012, mas cujo talento está perpetuado graças à internet:

https://www.youtube.com/watch?v=ednKK8GlvwI