NOTÍCIAS

Sam Smith lança clipe de “Too Good At Goodbyes”

Faixa marca o retorno do cantor e faz parte de seu novo disco

por Redação em 18/09/2017

Se ouvindo o novo single de Sam Smith “Too Good At Goodbyes” você já caiu na sofrência, apenas espere até assistir ao clipe, lançado na manhã desta segunda-feira (18/09).

Dirigido por Luke Monaghan, o clipe traz trechos de Smith cantando em estúdio, mesclados com imagens de casais dançando, beijando, chorando e se afastando, no que parecem ser cenas de relacionamentos chegando ao fim.

samsmith

Em uma entrevista recente com a revista Attitude, Smith explicou o inferno emocional pelo qual ele passou durante a gravação do disco, que quase o levou a deixar a música. “Levei um fora, o que não foi muito legal. Escrever músicas sobre esse tipo de coisa normalmente funciona como terapia para mim, mas quando levei esse fora, não consegui escrever por uns dois meses. Minha equipe teve que me forçar a entrar em estúdio porque eu sentia como se não quisesse mais fazer isso. Então houve momentos intensos e comecei a me perder”.

Veja:

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Sam Smith lança clipe de “Too Good At Goodbyes”

Faixa marca o retorno do cantor e faz parte de seu novo disco

por Redação em 18/09/2017

Se ouvindo o novo single de Sam Smith “Too Good At Goodbyes” você já caiu na sofrência, apenas espere até assistir ao clipe, lançado na manhã desta segunda-feira (18/09).

Dirigido por Luke Monaghan, o clipe traz trechos de Smith cantando em estúdio, mesclados com imagens de casais dançando, beijando, chorando e se afastando, no que parecem ser cenas de relacionamentos chegando ao fim.

samsmith

Em uma entrevista recente com a revista Attitude, Smith explicou o inferno emocional pelo qual ele passou durante a gravação do disco, que quase o levou a deixar a música. “Levei um fora, o que não foi muito legal. Escrever músicas sobre esse tipo de coisa normalmente funciona como terapia para mim, mas quando levei esse fora, não consegui escrever por uns dois meses. Minha equipe teve que me forçar a entrar em estúdio porque eu sentia como se não quisesse mais fazer isso. Então houve momentos intensos e comecei a me perder”.

Veja: