NOTÍCIAS

Tom DeLonge posta carta aberta aos fãs no Facebook

por em 28/01/2015
Depo
is de divulgar uma nota dizendo que não havia saído do Blink-182, Tom DeLonge fez um novo post em sua página no Facebook explicando a sua versão dos fatos. O guitarrista e vocalista afirmou que tentou reunir o trio para conversar e trabalhar seriamente em um estúdio, mas seus esforços foram em vão. Ao que parece, eles não conseguiam mais funcionar juntos. “No final das contas, nós sempre fomos disfuncionais, por isso não nos falávamos há meses”, escreveu o americano. “Foi assim nos oito anos em que estivemos juntos”, completou. DeLonge também comentou a criação de sua empresa, a Modlife, uma plataforma musical online, sua outra banda, a Angels & Airwaves, além de HQs, livros e um filme que está desenvolvendo. Disse que foi basicamente tirado da banda por causa de suas outras responsabilidades. “Todos esses outros projetos estão sendo trabalhados, existem em contrato. Não posso simplesmente pisar no freio e interromper anos de desenvolvimento, parcerias e compromissos em um piscar de olhos”, escreveu. O músico continuou dizendo que tentou comunicar estas questões aos companheiros de banda, mas apenas aumentou o ressentimento: “Escrevi esta mesma carta para eles há um ano. Mas isso criou uma grande discussão, a maior de todas, na verdade. Eu apenas queria que fizéssemos coisas com as quais todos concordassem. Mas eles bateram o pé. Do ponto de vista deles, eu estava controlando tudo. Na verdade, estava com medo de sair de novo”. DeLonge disse, ainda, que escreveu aos empresários de seus companheiros em dezembro, e que como resposta foi informado de que eles não estavam bravos e que até concordavam com algumas de suas “ideias para fazer a banda crescer”. Mas, depois, ficou sabendo, de surpresa, que o grupo estava seguindo em frente sem ele. “Mesmo quando eu os vejo agindo de uma maneira tão diferente do que eu sei que eles são, ainda me importo muito com eles. Como irmãos e como velhos amigos. Mas nossa relação foi envenenada ontem. Nunca pensei em sair, só achava muito difícil me comprometer ”, concluiu Tom DeLonge.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Tom DeLonge posta carta aberta aos fãs no Facebook

por em 28/01/2015
Depo
is de divulgar uma nota dizendo que não havia saído do Blink-182, Tom DeLonge fez um novo post em sua página no Facebook explicando a sua versão dos fatos. O guitarrista e vocalista afirmou que tentou reunir o trio para conversar e trabalhar seriamente em um estúdio, mas seus esforços foram em vão. Ao que parece, eles não conseguiam mais funcionar juntos. “No final das contas, nós sempre fomos disfuncionais, por isso não nos falávamos há meses”, escreveu o americano. “Foi assim nos oito anos em que estivemos juntos”, completou. DeLonge também comentou a criação de sua empresa, a Modlife, uma plataforma musical online, sua outra banda, a Angels & Airwaves, além de HQs, livros e um filme que está desenvolvendo. Disse que foi basicamente tirado da banda por causa de suas outras responsabilidades. “Todos esses outros projetos estão sendo trabalhados, existem em contrato. Não posso simplesmente pisar no freio e interromper anos de desenvolvimento, parcerias e compromissos em um piscar de olhos”, escreveu. O músico continuou dizendo que tentou comunicar estas questões aos companheiros de banda, mas apenas aumentou o ressentimento: “Escrevi esta mesma carta para eles há um ano. Mas isso criou uma grande discussão, a maior de todas, na verdade. Eu apenas queria que fizéssemos coisas com as quais todos concordassem. Mas eles bateram o pé. Do ponto de vista deles, eu estava controlando tudo. Na verdade, estava com medo de sair de novo”. DeLonge disse, ainda, que escreveu aos empresários de seus companheiros em dezembro, e que como resposta foi informado de que eles não estavam bravos e que até concordavam com algumas de suas “ideias para fazer a banda crescer”. Mas, depois, ficou sabendo, de surpresa, que o grupo estava seguindo em frente sem ele. “Mesmo quando eu os vejo agindo de uma maneira tão diferente do que eu sei que eles são, ainda me importo muito com eles. Como irmãos e como velhos amigos. Mas nossa relação foi envenenada ontem. Nunca pensei em sair, só achava muito difícil me comprometer ”, concluiu Tom DeLonge.