NOTÍCIAS

Tony Iommi conciliou quimeoterapia com gravações do Black Sabbath

por em 08/06/2012
Imagem: Divulgação

O guitarrista Tony Iommi declarou que insistiu em fazer parte da volta do Black Sabbath e revelou que as gravações do novo álbum da banda foram conciliadas com as suas sessões de quimeoterapia.

Em entrevista à revista Kerrang!, Iommi mencionou sua luta: “Foi bom para mim fazer isso. Eu me sentia cansado e doente e isso [a quimeoterapia] realmente nos deixa doente, comvontade de vomitar. Mas nos dias em que eu senti que conseguia, estávamos todos lá trabalhando”.

“Ele ia para o hospital em um dia e íamos para o estúdio no próximo, dependendo de como a quimioterapia estava afetando”, acrescentou seu companheiro de banda Geezer Butler.

Recentemente, Ozzy Osbourne revelou que a banda já escreveu 15 canções e pretende escrever mais duas para o próximo álbum.

No mês passado, o Black Sabbath voltou aos palcos com um show especial na arena O2 Academy, na cidade de Birmingham, Inglaterra. Na ocasião, Tony Iommi revelou quão motivador foi esse encontro.

“Foi ótimo”, disse Iommi sobre o retorno aos palcos. “Passar pelo que eu passei no ano passado foi como viver em um mundo diferente. Estar no palco e ver a reação dos fãs é simplesmente fantástico, é muito motivador.”

No próximo domingo (10), o Black Sabbath se apresenta no Download Festival, último show com a participação de Iommi, que seguirá o tratamento, e primeiro de uma série de shows que a banda fará pela Europa. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Tony Iommi conciliou quimeoterapia com gravações do Black Sabbath

por em 08/06/2012
Imagem: Divulgação

O guitarrista Tony Iommi declarou que insistiu em fazer parte da volta do Black Sabbath e revelou que as gravações do novo álbum da banda foram conciliadas com as suas sessões de quimeoterapia.

Em entrevista à revista Kerrang!, Iommi mencionou sua luta: “Foi bom para mim fazer isso. Eu me sentia cansado e doente e isso [a quimeoterapia] realmente nos deixa doente, comvontade de vomitar. Mas nos dias em que eu senti que conseguia, estávamos todos lá trabalhando”.

“Ele ia para o hospital em um dia e íamos para o estúdio no próximo, dependendo de como a quimioterapia estava afetando”, acrescentou seu companheiro de banda Geezer Butler.

Recentemente, Ozzy Osbourne revelou que a banda já escreveu 15 canções e pretende escrever mais duas para o próximo álbum.

No mês passado, o Black Sabbath voltou aos palcos com um show especial na arena O2 Academy, na cidade de Birmingham, Inglaterra. Na ocasião, Tony Iommi revelou quão motivador foi esse encontro.

“Foi ótimo”, disse Iommi sobre o retorno aos palcos. “Passar pelo que eu passei no ano passado foi como viver em um mundo diferente. Estar no palco e ver a reação dos fãs é simplesmente fantástico, é muito motivador.”

No próximo domingo (10), o Black Sabbath se apresenta no Download Festival, último show com a participação de Iommi, que seguirá o tratamento, e primeiro de uma série de shows que a banda fará pela Europa.