NOTÍCIAS

Trinta anos depois, U2 ainda encontra relevância em The Joshua Tree

Banda virá ao Brasil para três shows na turnê em comemoração ao lançamento do álbum

A banda irlandesa de rock U2 iniciou a parte europeia da turnê The Joshua Tree no sábado (08/07) retornando ao álbum que gerou a relação de amor e ódio com a América e os impulsionou ao estrelato quando lançado 30 anos atrás.

A banda, liderada pelo cantor Bono, de 57 anos, está tocando todo o álbum para 2,4 milhões de fãs em sua turnê de 2017, incluindo sucessos como "With or Without You" e "I Still Haven't Found What I'm looking For".

No entanto, eles começaram o show de Londres com músicas mais antigas como "Sunday Bloody Sunday", "New Year's Day", "Bad", e a música inspirada em Martin Luther King Jr "Pride (In the Name of Love)", a qual Bono dedicou às "pessoas arco-íris de Londres", que participaram da Marcha de Orgulho LGBT na cidade no sábado.

"The Joshua Tree" foi tocado na sequência contra um vídeo ao fundo de paisagens norte-americanas, tais como o Vale da Morte e Americanos em frente a Estrelas e Listras, do fotógrafo holandês Anton Corbijn, que criou as imagens no álbum original.

O álbum de melhor venda do grupo foi lançado em 1987 quando Ronald Reagan era o presidente dos Estados Unidos e Margareth Thatcher estava no poder no Reino Unido. O guitarrista principal The Edge afirmou em entrevista que politicamente "as coisas têm fechado um círculo completo".

"Parece que, 'nossa, essas músicas têm um novo significado e uma nova ressonância hoje que elas não tinham três anos atrás, quatro anos atrás'", disse ele.

Bono deixou a música falar por si mesma no sábado, ainda que um personagem chamado de "Trump" tenha sido chamado de mentiroso por um "cowboy bom moço" em um clipe.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Trinta anos depois, U2 ainda encontra relevância em The Joshua Tree

Banda virá ao Brasil para três shows na turnê em comemoração ao lançamento do álbum

por Redação, com Reuters em 10/07/2017

A banda irlandesa de rock U2 iniciou a parte europeia da turnê The Joshua Tree no sábado (08/07) retornando ao álbum que gerou a relação de amor e ódio com a América e os impulsionou ao estrelato quando lançado 30 anos atrás.

A banda, liderada pelo cantor Bono, de 57 anos, está tocando todo o álbum para 2,4 milhões de fãs em sua turnê de 2017, incluindo sucessos como "With or Without You" e "I Still Haven't Found What I'm looking For".

No entanto, eles começaram o show de Londres com músicas mais antigas como "Sunday Bloody Sunday", "New Year's Day", "Bad", e a música inspirada em Martin Luther King Jr "Pride (In the Name of Love)", a qual Bono dedicou às "pessoas arco-íris de Londres", que participaram da Marcha de Orgulho LGBT na cidade no sábado.

"The Joshua Tree" foi tocado na sequência contra um vídeo ao fundo de paisagens norte-americanas, tais como o Vale da Morte e Americanos em frente a Estrelas e Listras, do fotógrafo holandês Anton Corbijn, que criou as imagens no álbum original.

O álbum de melhor venda do grupo foi lançado em 1987 quando Ronald Reagan era o presidente dos Estados Unidos e Margareth Thatcher estava no poder no Reino Unido. O guitarrista principal The Edge afirmou em entrevista que politicamente "as coisas têm fechado um círculo completo".

"Parece que, 'nossa, essas músicas têm um novo significado e uma nova ressonância hoje que elas não tinham três anos atrás, quatro anos atrás'", disse ele.

Bono deixou a música falar por si mesma no sábado, ainda que um personagem chamado de "Trump" tenha sido chamado de mentiroso por um "cowboy bom moço" em um clipe.