NOTÍCIAS

Trombone Shorty e Usher levam funk e R&B ao Festival de Montreux

Artistas se apresentaram nesta quarta-feira no famoso evento

Usher and The Roots e Trombone Shorty fizeram apresentações energéticas no Festival de Jazz de Montreux na noite de quarta-feira (05/07), levando o funk norte-americano, o hip-hop e o R&B ao famoso palco.

O produtor lendário Quincy Jones apresentou Trombone Shorty & Orleans Avenue, lembrando tê-lo ouvido no rádio na infância. "Ele tinha 8 anos de idade então, hoje tem 31, meu irmão Trombone Shorty".

"Vocês têm uma noite para lembrar", disse Jones, um dos co-diretores de Montreux nos anos 1990. "Tem alguns meninos talentosos."

O músico e cantor de Nova Orleans, nascido Troy Andrews, abriu a noite em sua terceira participação --seu último show havia sido em 2012.

Usando óculos escuros negros, ele entrou no palco e se ajoelhou para tocar trombone durante a primeira canção, "Backatown".

Usher, acompanhado pelo lendário grupo de hip-hop The Roots, seu vocalista, Tarik Trotter, e mais de uma dúzia de músicos e cantores, tocou faixas de seu álbum mais recente, Hard II Love, e exibiu seus passos de dança.

Entre os destaques estiveram "Bad Girl" e "Let It Burn" --durante a qual ele pediu para a plateia acender as luzes dos celulares-- e em seguida "Yeah!".

O público pagou até 295 francos suíços para assistir o evento de quatro horas, mas Trombone Shorty e Usher não se apresentaram juntos.

Lauryn Hill, que ficou famosa no Fugees, Macy Gray, Ibrahim Maalouf e Erykah Badu e Solange, irmã de Beyoncé, estão entre os outros artistas escalados no festival, que vai até o dia 15 de julho.

Uma estátua de bronze do falecido fundador do festival, Claude Nobs, foi inaugurada no domingo em um jardim que margeia um lago ao lado das estátutas dos gigantes Aretha Franklin, Miles Davis e Ray Charles, que ele levou ao palco de Montreux.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Trombone Shorty e Usher levam funk e R&B ao Festival de Montreux

Artistas se apresentaram nesta quarta-feira no famoso evento

por Redação, com Reuters em 07/07/2017

Usher and The Roots e Trombone Shorty fizeram apresentações energéticas no Festival de Jazz de Montreux na noite de quarta-feira (05/07), levando o funk norte-americano, o hip-hop e o R&B ao famoso palco.

O produtor lendário Quincy Jones apresentou Trombone Shorty & Orleans Avenue, lembrando tê-lo ouvido no rádio na infância. "Ele tinha 8 anos de idade então, hoje tem 31, meu irmão Trombone Shorty".

"Vocês têm uma noite para lembrar", disse Jones, um dos co-diretores de Montreux nos anos 1990. "Tem alguns meninos talentosos."

O músico e cantor de Nova Orleans, nascido Troy Andrews, abriu a noite em sua terceira participação --seu último show havia sido em 2012.

Usando óculos escuros negros, ele entrou no palco e se ajoelhou para tocar trombone durante a primeira canção, "Backatown".

Usher, acompanhado pelo lendário grupo de hip-hop The Roots, seu vocalista, Tarik Trotter, e mais de uma dúzia de músicos e cantores, tocou faixas de seu álbum mais recente, Hard II Love, e exibiu seus passos de dança.

Entre os destaques estiveram "Bad Girl" e "Let It Burn" --durante a qual ele pediu para a plateia acender as luzes dos celulares-- e em seguida "Yeah!".

O público pagou até 295 francos suíços para assistir o evento de quatro horas, mas Trombone Shorty e Usher não se apresentaram juntos.

Lauryn Hill, que ficou famosa no Fugees, Macy Gray, Ibrahim Maalouf e Erykah Badu e Solange, irmã de Beyoncé, estão entre os outros artistas escalados no festival, que vai até o dia 15 de julho.

Uma estátua de bronze do falecido fundador do festival, Claude Nobs, foi inaugurada no domingo em um jardim que margeia um lago ao lado das estátutas dos gigantes Aretha Franklin, Miles Davis e Ray Charles, que ele levou ao palco de Montreux.