NOTÍCIAS

Van Halen cancela mais de 30 shows nos EUA após suposta briga entre os integrantes

por em 18/05/2012
Imagem: Divulgação

Os americanos do Van Halen anunciaram o cancelamento de todos os seus shows, marcados para acontecer após o dia 26 de julho. Aproximadamente 30 apresentações foram tiradas da agenda da banda sem nenhum pronunciamento oficial.

A banda estava no meio da turnê promocional do álbum A Different Kind Of Truth, lançado em fevereiro deste ano, que marca o retorno de David Lee Roth aos vocais.

Lee Roth deixou o Van Halen em 1984 afirmando, entre outras coisas, que o som da banda era “entediante”. Aparentemente o relacionamento conturbado entre os integrantes mais uma vez foi o responsável pelo cancelamento das datas.

“Os caras se odeiam e não param de brigar”, revelou uma fonte.  Já a Live Nation, empresa responsável pelas apresentações, não se pronunciou a respeito dos cancelamentos dos shows, que tinham quase todos os seus ingressos vendidos. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Apelido Carinhoso
Gusttavo Lima
2
Dona Maria (Part. Jorge)
Thiago Brava
3
Rapariga Não (Part. Simone & Simaria)
João Neto & Frederico
4
Sua Melhor Versão
Bruno & Marrone
5
Anti-Amor (Part. Jorge & Mateus)
Gustavo Mioto
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Van Halen cancela mais de 30 shows nos EUA após suposta briga entre os integrantes

por em 18/05/2012
Imagem: Divulgação

Os americanos do Van Halen anunciaram o cancelamento de todos os seus shows, marcados para acontecer após o dia 26 de julho. Aproximadamente 30 apresentações foram tiradas da agenda da banda sem nenhum pronunciamento oficial.

A banda estava no meio da turnê promocional do álbum A Different Kind Of Truth, lançado em fevereiro deste ano, que marca o retorno de David Lee Roth aos vocais.

Lee Roth deixou o Van Halen em 1984 afirmando, entre outras coisas, que o som da banda era “entediante”. Aparentemente o relacionamento conturbado entre os integrantes mais uma vez foi o responsável pelo cancelamento das datas.

“Os caras se odeiam e não param de brigar”, revelou uma fonte.  Já a Live Nation, empresa responsável pelas apresentações, não se pronunciou a respeito dos cancelamentos dos shows, que tinham quase todos os seus ingressos vendidos.