NOTÍCIAS

“A igualdade entre homens e mulheres não existe”, diz Beyoncé

por em 14/01/2014
Imagem: Divulgação

Uma das partes do casal mais poderoso da indústria fonográfica, Beyoncé resolveu expressar seus sentimentos sobre a desigualdade sexual. Em um artigo escrito para a organização The Shriver Report, a cantora diz que a igualdade entre gêneros ainda não é uma realidade e convida homens e mulheres a lutarem pela causa.

“Precisamos parar de acreditar no mito da igualdade de gênero”, diz um trecho do texto. “Ainda não é uma realidade. Hoje, as mulheres representam metade da força de trabalho dos EUA, mas ganham em média 77% do que os homens ganham. Mas, ao menos que as mulheres e os homens digam que isso é inaceitável, as coisas não vão mudar. Os homens têm de exigir que suas esposas, filhas, mães e irmãs ganhem mais –que seus salários sejam compatíveis com as suas qualificações e não com seu gênero. A igualdade será alcançada quando homens e mulheres sejam contemplados em igualdade na remuneração e no respeito.”

“Temos muito trabalho a fazer", continua. "Mas podemos chegar lá, se trabalharmos juntos. As mulheres são mais de 50% da população e mais de 50% dos eleitores. Devemos exigir que todos nós recebamos 100% das oportunidades.”

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Zé da Recaída
Gusttavo Lima
2
Só Pra Castigar
Wesley Safadão
3
Notificação Preferida
Zé Neto & Cristiano
4
Coração Infectado
Maiara & Maraisa
5
Quem Pegou, Pegou
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

“A igualdade entre homens e mulheres não existe”, diz Beyoncé

por em 14/01/2014
Imagem: Divulgação

Uma das partes do casal mais poderoso da indústria fonográfica, Beyoncé resolveu expressar seus sentimentos sobre a desigualdade sexual. Em um artigo escrito para a organização The Shriver Report, a cantora diz que a igualdade entre gêneros ainda não é uma realidade e convida homens e mulheres a lutarem pela causa.

“Precisamos parar de acreditar no mito da igualdade de gênero”, diz um trecho do texto. “Ainda não é uma realidade. Hoje, as mulheres representam metade da força de trabalho dos EUA, mas ganham em média 77% do que os homens ganham. Mas, ao menos que as mulheres e os homens digam que isso é inaceitável, as coisas não vão mudar. Os homens têm de exigir que suas esposas, filhas, mães e irmãs ganhem mais –que seus salários sejam compatíveis com as suas qualificações e não com seu gênero. A igualdade será alcançada quando homens e mulheres sejam contemplados em igualdade na remuneração e no respeito.”

“Temos muito trabalho a fazer", continua. "Mas podemos chegar lá, se trabalharmos juntos. As mulheres são mais de 50% da população e mais de 50% dos eleitores. Devemos exigir que todos nós recebamos 100% das oportunidades.”