NOTÍCIAS

Clipe de “Despacito” é removido do YouTube por hackers

Invasão desta madrugada já foi solucionada e vídeo retornou para a plataforma

por Redação em 10/04/2018

Hackers atacaram o YouTube e a conta da Vevo na madrugada desta terça-feira (10/04) para tirar do ar o vídeo mais visto da história da plataforma: “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee. Inúmeros artistas, incluindo Shakira, Selena Gomez, Drake e Taylor Swift, também foram prejudicados pela invasão.

Os hackers se denominaram Prosox e Kuroi’sh e escreveram “Palestina Livre” no box de informações dos vídeos. Enquanto alguns permaneceram publicados, sem modificação do conteúdo, apenas com títulos e legendas alterados, outros foram removidos.

De acordo com a BBC, uma conta no Twitter que, aparentemente, pertence a um dos hackers escreveu: “É só por diversão. Usei um script para mudar os títulos e escrevi ‘hackeado’. Não me julguem, eu amo o YouTube”.

Na semana passada, “Despacito” bateu a marca de 5 bilhões de visualizações no site. No momento, o clipe já voltou ao YouTube.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ausência
Marília Mendonça
2
Beijo de Varanda
Bruno & Marrone
3
Buá Buá
Naiara Azevedo
4
Olha Ela Aí
Eduardo Costa
5
Cada Um Na Sua
Fernando & Sorocaba
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Clipe de “Despacito” é removido do YouTube por hackers

Invasão desta madrugada já foi solucionada e vídeo retornou para a plataforma

por Redação em 10/04/2018

Hackers atacaram o YouTube e a conta da Vevo na madrugada desta terça-feira (10/04) para tirar do ar o vídeo mais visto da história da plataforma: “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee. Inúmeros artistas, incluindo Shakira, Selena Gomez, Drake e Taylor Swift, também foram prejudicados pela invasão.

Os hackers se denominaram Prosox e Kuroi’sh e escreveram “Palestina Livre” no box de informações dos vídeos. Enquanto alguns permaneceram publicados, sem modificação do conteúdo, apenas com títulos e legendas alterados, outros foram removidos.

De acordo com a BBC, uma conta no Twitter que, aparentemente, pertence a um dos hackers escreveu: “É só por diversão. Usei um script para mudar os títulos e escrevi ‘hackeado’. Não me julguem, eu amo o YouTube”.

Na semana passada, “Despacito” bateu a marca de 5 bilhões de visualizações no site. No momento, o clipe já voltou ao YouTube.