NOTÍCIAS

Conheça os indicados ao Hall da Fama do Rock em 2018

Cerimônia será realizada em 14 de abril, nos Estados Unidos

por Redação em 13/12/2017

A lista dos indicados ao Hall da Fama do Rock foi divulgada nesta quarta-feira (13/12). Entre os nomes estão Dire Straits, The Moody Blues, Bon Jovi, The Cars, Nina Simone e a cantora gospel Sister Rosetta Tharpe.

A cerimônia será realizada em 14 de abril do ano que vem, em Ohio, Estados Unidos. O evento será transmitido pela HBO e pela rádio SiriusXM.

Conheça os indicados:

Em uma época em que o punk e a disco estavam dominando os rankings, a banda inglesa Dire Straits conquistou as rádios rock no fim dos anos 1970 e início de 1980 graças ao icônico vocal de Mark Knopfler e a linha blues de sua guitarra em hits como “Sultans of Swing”, “Romeo and Juliet” e “Money For Nothing”. Serão indicados os integrantes Mark Knopfler, David Knopfler, Alan David Knopfler, Alan Clark, Guy Fletcher, John Illsey e Pick Withers.

Os roqueiros progressivos da The Moody Blues já tocam por mais de metade de um século, se transformando de uma banda de R&B para guerreiros psicodélicos que criaram o álbum de rock clássico Days of Future Passed, que inclui o hit “Nights in White Satin”. Depois de influenciar uma geração de bandas progressivas como Yes e Genesis, o grupo mudou a sonoridade nos anos 1980 e emplacou o hit “Your Wildest Dreams” no Top 10. Serão indicados os integrantes Justin Hayward, Graeme Edge, John Lodge, Mike Pinder e Ray Thomas.

Formada pelo vocalista Ric Ocasek e o falecido baixista e vocalista Benjamin Orr em 1976, a The Cars fez faixas radiofônicas com sensibilidade e emplacaram 13 faixas no Top 40, incluindo “Good Times Roll”, “My Best Friend’s Girl”, “Just What I Needed” e “Drive”. A banda marcava presença na MTV nos anos 1980 por causa de seus vídeos pioneiros antes de chegar ao fim na mesma década. Serão indicados os integrantes Ocasek, Elliot Easton, Greg Hawkes, David Robinson e Benjamin Orr.

Bon Jovi cresceu de suas raízes do hair metal para o topo das paradas nos anos 1980 com faixas radiofônicas e um dos líderes mais carismáticos na história do rock. Eles já venderam mais de 120 milhões de álbuns e é impossível não conhecer os hits “You Give Love A Bad Name”, “Livin’ On A Prayer”, “Bad Medicine”, “Wanted Dead Or Alive” e “It’s My Life”, entre vários outros. Serão indicados os integrantes Bon Jovi, David Bryan, Richie Sambora, Alec John Such e Tico Torres.

Poucos cantores na história moderna desafiaram o status quo com tanto poder e melodia quanto Nina Simone. Ela se tornou um ícone da luta pelos direitos civis graças à música “Mississippi Goddamn”, assim como as desafiadoras “Four Women”, “I Wish I Knew How It Would Feel To Be Free”.

Rosetta Tharpe, chamada de Madrinha do Rock, abriu caminho para gerações que seguiram seu folk gospel e seu domínio sobre sua guitarra Gibson SG. Da gravação de “Rock Me’, de 1938 às apresentações lotadas nas décadas de 1940 e 1950, ela ficou conhecida pelo mix único de vocais gospel e guitarra eletrizante, inspirando Elvis, Johnny Cash e Little Richard.

Entre os nomes que não tiveram a indicação aprovada estão Rage Against The Machine, Eurythmics, Radiohead, Judas Priest, Kate Bush, Depeche Mode, J. Geils Band, LL Cool J, MC5, The Meters, Rufus featuring Chaka Khan, Link Wray e The Zombies.

Para receber nomeação, uma banda ou artista precisa ter lançado seu primeiro trabalho comercial 25 anos antes do ano de sua indicação, ou seja, os indicados para 2018 precisavam ter lançado sua primeira gravação comercial, no mínimo, em 1992.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ausência
Marília Mendonça
2
Buá Buá
Naiara Azevedo
3
Beijo de Varanda
Bruno & Marrone
4
Olha Ela Aí
Eduardo Costa
4
Te Assumo (Part. Naiara Azevedo)
Diego & Arnaldo
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Conheça os indicados ao Hall da Fama do Rock em 2018

Cerimônia será realizada em 14 de abril, nos Estados Unidos

por Redação em 13/12/2017

A lista dos indicados ao Hall da Fama do Rock foi divulgada nesta quarta-feira (13/12). Entre os nomes estão Dire Straits, The Moody Blues, Bon Jovi, The Cars, Nina Simone e a cantora gospel Sister Rosetta Tharpe.

A cerimônia será realizada em 14 de abril do ano que vem, em Ohio, Estados Unidos. O evento será transmitido pela HBO e pela rádio SiriusXM.

Conheça os indicados:

Em uma época em que o punk e a disco estavam dominando os rankings, a banda inglesa Dire Straits conquistou as rádios rock no fim dos anos 1970 e início de 1980 graças ao icônico vocal de Mark Knopfler e a linha blues de sua guitarra em hits como “Sultans of Swing”, “Romeo and Juliet” e “Money For Nothing”. Serão indicados os integrantes Mark Knopfler, David Knopfler, Alan David Knopfler, Alan Clark, Guy Fletcher, John Illsey e Pick Withers.

Os roqueiros progressivos da The Moody Blues já tocam por mais de metade de um século, se transformando de uma banda de R&B para guerreiros psicodélicos que criaram o álbum de rock clássico Days of Future Passed, que inclui o hit “Nights in White Satin”. Depois de influenciar uma geração de bandas progressivas como Yes e Genesis, o grupo mudou a sonoridade nos anos 1980 e emplacou o hit “Your Wildest Dreams” no Top 10. Serão indicados os integrantes Justin Hayward, Graeme Edge, John Lodge, Mike Pinder e Ray Thomas.

Formada pelo vocalista Ric Ocasek e o falecido baixista e vocalista Benjamin Orr em 1976, a The Cars fez faixas radiofônicas com sensibilidade e emplacaram 13 faixas no Top 40, incluindo “Good Times Roll”, “My Best Friend’s Girl”, “Just What I Needed” e “Drive”. A banda marcava presença na MTV nos anos 1980 por causa de seus vídeos pioneiros antes de chegar ao fim na mesma década. Serão indicados os integrantes Ocasek, Elliot Easton, Greg Hawkes, David Robinson e Benjamin Orr.

Bon Jovi cresceu de suas raízes do hair metal para o topo das paradas nos anos 1980 com faixas radiofônicas e um dos líderes mais carismáticos na história do rock. Eles já venderam mais de 120 milhões de álbuns e é impossível não conhecer os hits “You Give Love A Bad Name”, “Livin’ On A Prayer”, “Bad Medicine”, “Wanted Dead Or Alive” e “It’s My Life”, entre vários outros. Serão indicados os integrantes Bon Jovi, David Bryan, Richie Sambora, Alec John Such e Tico Torres.

Poucos cantores na história moderna desafiaram o status quo com tanto poder e melodia quanto Nina Simone. Ela se tornou um ícone da luta pelos direitos civis graças à música “Mississippi Goddamn”, assim como as desafiadoras “Four Women”, “I Wish I Knew How It Would Feel To Be Free”.

Rosetta Tharpe, chamada de Madrinha do Rock, abriu caminho para gerações que seguiram seu folk gospel e seu domínio sobre sua guitarra Gibson SG. Da gravação de “Rock Me’, de 1938 às apresentações lotadas nas décadas de 1940 e 1950, ela ficou conhecida pelo mix único de vocais gospel e guitarra eletrizante, inspirando Elvis, Johnny Cash e Little Richard.

Entre os nomes que não tiveram a indicação aprovada estão Rage Against The Machine, Eurythmics, Radiohead, Judas Priest, Kate Bush, Depeche Mode, J. Geils Band, LL Cool J, MC5, The Meters, Rufus featuring Chaka Khan, Link Wray e The Zombies.

Para receber nomeação, uma banda ou artista precisa ter lançado seu primeiro trabalho comercial 25 anos antes do ano de sua indicação, ou seja, os indicados para 2018 precisavam ter lançado sua primeira gravação comercial, no mínimo, em 1992.