NOTÍCIAS

Ed Sheeran deve responder a acusação de plágio a Marvin Gaye

Processo afirma que canção "Thinking Out Loud" conta com trechos de "Let's Get It On"

Um juiz dos Estados Unidos rejeitou um recurso do compositor Ed Sheeran, que pedia a suspensão de um processo no qual é acusado de plagiar o clássico “Let’s Get It On”, gravado em 1973 por Marvin Gaye, na produção do hit “Thinking Out Loud”, de 2014.

Em uma decisão divulgada na última quinta-feira (3), o juiz distrital Louis Stanton, de Manhattan, determinou que um júri decida se Sheeran e as gravadoras Sony/ATV Music e Atlantic Records devem ser considerados culpados em relação ao espólio e aos herdeiros do produtor Ed Townsend, coautor de “Let’s Get It On”.

O juiz entendeu haver “similaridades substanciais entre diversos elementos musicais das duas obras”, incluindo suas linhas de baixo e a percussão, e disse estar em discussão se a harmonia de “Let’s Get It On” é demasiada comum para merecer proteção autoral.

O magistrado também disse que podem perceber o “apelo estético” das músicas como sendo o mesmo, apesar dos argumentos da defesa de Sheeran, segundo os quais “Thinking Out Loud” é caracterizada por “tons sombrios e melancólicos, abordando o amor romântico duradouro”, enquanto “Let’s Get It On” foi um “hino sexual” irradiante de emoções positivas.

Os jurados “podem ficar impressionados com a gravação de uma apresentação de Sheeran que mostra ele transitando [entre as músicas] imperceptivelmente”, escreveu o juiz, cuja decisão foi assinada na quarta-feira (2).

Sheeran nega ter copiado Marvin Gaye.

Os representantes de Sheeran e da Atlantic não responderam de imediato a pedidos de comentário. Paul Williams, porta-voz da Sony/ATV, não quis comentar.

Pat Frank, advogado responsável por abrir o processo, disse que seus clientes esperam pelo dia em que “esta questão será julgada” em um tribunal.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Atrasadinha (Part. Ferrugem)
Felipe Araújo
2
Infarto
Diego & Victor Hugo
3
Pronta pra Trair
Yasmin Santos
4
Solteiro Não Trai
Gustavo Mioto
5
Vingança (Part. MC Kekel)
Luan Santana
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Ed Sheeran deve responder a acusação de plágio a Marvin Gaye

Processo afirma que canção "Thinking Out Loud" conta com trechos de "Let's Get It On"

por Redação, com Reuters em 04/01/2019

Um juiz dos Estados Unidos rejeitou um recurso do compositor Ed Sheeran, que pedia a suspensão de um processo no qual é acusado de plagiar o clássico “Let’s Get It On”, gravado em 1973 por Marvin Gaye, na produção do hit “Thinking Out Loud”, de 2014.

Em uma decisão divulgada na última quinta-feira (3), o juiz distrital Louis Stanton, de Manhattan, determinou que um júri decida se Sheeran e as gravadoras Sony/ATV Music e Atlantic Records devem ser considerados culpados em relação ao espólio e aos herdeiros do produtor Ed Townsend, coautor de “Let’s Get It On”.

O juiz entendeu haver “similaridades substanciais entre diversos elementos musicais das duas obras”, incluindo suas linhas de baixo e a percussão, e disse estar em discussão se a harmonia de “Let’s Get It On” é demasiada comum para merecer proteção autoral.

O magistrado também disse que podem perceber o “apelo estético” das músicas como sendo o mesmo, apesar dos argumentos da defesa de Sheeran, segundo os quais “Thinking Out Loud” é caracterizada por “tons sombrios e melancólicos, abordando o amor romântico duradouro”, enquanto “Let’s Get It On” foi um “hino sexual” irradiante de emoções positivas.

Os jurados “podem ficar impressionados com a gravação de uma apresentação de Sheeran que mostra ele transitando [entre as músicas] imperceptivelmente”, escreveu o juiz, cuja decisão foi assinada na quarta-feira (2).

Sheeran nega ter copiado Marvin Gaye.

Os representantes de Sheeran e da Atlantic não responderam de imediato a pedidos de comentário. Paul Williams, porta-voz da Sony/ATV, não quis comentar.

Pat Frank, advogado responsável por abrir o processo, disse que seus clientes esperam pelo dia em que “esta questão será julgada” em um tribunal.