NOTÍCIAS

Estudante apresenta TCC sobre Britney Spears em Minas Gerais

Vagner Amorim se formou em Comunicação Social na Universidade UNA, em Belo Horizonte

por Redação em 18/12/2017

Quando Adorno e Horkheimer teorizaram sobre a cultura industrializada e cultura erudita e popular na Escola de Frankfurt, na década de 1940, eles com certeza não imaginavam que em 2017 teríamos estudantes da Academia, de um curso superior, se formando ao entregar um trabalho de conclusão de curso sobre Britney Spears. Mas isso aconteceu em Belo Horizonte, na Universidade UNA. E o aluno – agora formado – é Vagner Amorim.

Estudante de Comunicação Social com ênfase em Relações Públicas, ele resolveu analisar a carreira da princesa do pop e como ela precisou se reinventar para continuar relevante em um mercado em constantes transformações por causa dos avanços da era digital.

13 NÚMEROS SOBRE PIECE OF ME, PREMIADO SHOW DE BRITNEY EM LAS VEGAS

Britney, que iniciou a carreira em 1998, já vendeu milhões de discos e, depois de problemas na vida pessoal e derrotas testemunhadas por pessoas de todo o mundo com transmissões ao vivo – na época do seu surto, em 2007, a internet estava em polvorosa, com sites como YouTube e TMZ ganhando força – retomou o controle de sua carreira e faz apresentações lotadas em seus shows de residência em Las Vegas. Mas não podemos negar que a força dos seus números de vendas de singles diminuiu e muito.

BLACKOUT, ÁLBUM DE BRITNEY SPEARS, COMPLETA 10 ANOS

Segundo as pesquisas de Vagner, 74,8% dos fãs de Britney que responderam ao seu questionário (foram entrevistadas 579 pessoas entre 12 e 38 anos) são do sexo masculino. O projeto também traz dados do Spotify que mostram um certo equilíbrio de números de execuções dos discos de Britney na plataforma e outros, da Billboard, menos positivos, mostrando a queda expressiva no número de vendas físicas dos álbuns da cantora. Ao comparar os dois gráficos, podemos notar que apesar de não vender cópias físicas como antigamente, as músicas de Britney seguem sendo procuradas nas plataformas de streaming, independentemente de qual ano o disco tenha sido lançado. Entre os que responderam ao questionário, 69,9% afirmou que segue comprando cópias físicas dos álbuns de Britney.

Screen Shot 2017-12-18 at 6.06.47 PM Screen Shot 2017-12-18 at 6.06.51 PM

Em entrevista para a Billboard Brasil, Vagner revelou que em sua primeira orientação, acreditou que teria o tema negado pela orientadora e que ficou surpreso ao receber uma resposta positiva. “Eu bati na porta da sala dela para ouvir um não e saí de lá com uma orientadora que me ajudou muito na primeira parte da pesquisa. Ela me deu várias dicas e disse que não deveria ficar receoso em escolher esse tema, ela me indicou um referencial teórico para seguir com a pesquisa”.

tcc

Entre os amigos, o objeto de estudo escolhido por Vagner também foi sucesso. “Todo mundo amou a ideia e surgiram dois temas com temáticas pop também, uma amiga grande fã da Beyonce iria fazer sua monografia sobre feminismo se inspirou no meu tema e juntou Beyoncé com o Feminismo e um outro amigo de turma que estava sem saber qual tema escolher o incentivei a falar sobre a Ivete já que é um grande fã dela e ele acatou meu conselho”.

 

 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Beijo de Varanda
Bruno & Marrone
2
Buá Buá
Naiara Azevedo
3
Contramão
Gustavo Mioto
4
Ausência
Marília Mendonça
5
Olha Ela Aí
Eduardo Costa
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Estudante apresenta TCC sobre Britney Spears em Minas Gerais

Vagner Amorim se formou em Comunicação Social na Universidade UNA, em Belo Horizonte

por Redação em 18/12/2017

Quando Adorno e Horkheimer teorizaram sobre a cultura industrializada e cultura erudita e popular na Escola de Frankfurt, na década de 1940, eles com certeza não imaginavam que em 2017 teríamos estudantes da Academia, de um curso superior, se formando ao entregar um trabalho de conclusão de curso sobre Britney Spears. Mas isso aconteceu em Belo Horizonte, na Universidade UNA. E o aluno – agora formado – é Vagner Amorim.

Estudante de Comunicação Social com ênfase em Relações Públicas, ele resolveu analisar a carreira da princesa do pop e como ela precisou se reinventar para continuar relevante em um mercado em constantes transformações por causa dos avanços da era digital.

13 NÚMEROS SOBRE PIECE OF ME, PREMIADO SHOW DE BRITNEY EM LAS VEGAS

Britney, que iniciou a carreira em 1998, já vendeu milhões de discos e, depois de problemas na vida pessoal e derrotas testemunhadas por pessoas de todo o mundo com transmissões ao vivo – na época do seu surto, em 2007, a internet estava em polvorosa, com sites como YouTube e TMZ ganhando força – retomou o controle de sua carreira e faz apresentações lotadas em seus shows de residência em Las Vegas. Mas não podemos negar que a força dos seus números de vendas de singles diminuiu e muito.

BLACKOUT, ÁLBUM DE BRITNEY SPEARS, COMPLETA 10 ANOS

Segundo as pesquisas de Vagner, 74,8% dos fãs de Britney que responderam ao seu questionário (foram entrevistadas 579 pessoas entre 12 e 38 anos) são do sexo masculino. O projeto também traz dados do Spotify que mostram um certo equilíbrio de números de execuções dos discos de Britney na plataforma e outros, da Billboard, menos positivos, mostrando a queda expressiva no número de vendas físicas dos álbuns da cantora. Ao comparar os dois gráficos, podemos notar que apesar de não vender cópias físicas como antigamente, as músicas de Britney seguem sendo procuradas nas plataformas de streaming, independentemente de qual ano o disco tenha sido lançado. Entre os que responderam ao questionário, 69,9% afirmou que segue comprando cópias físicas dos álbuns de Britney.

Screen Shot 2017-12-18 at 6.06.47 PM Screen Shot 2017-12-18 at 6.06.51 PM

Em entrevista para a Billboard Brasil, Vagner revelou que em sua primeira orientação, acreditou que teria o tema negado pela orientadora e que ficou surpreso ao receber uma resposta positiva. “Eu bati na porta da sala dela para ouvir um não e saí de lá com uma orientadora que me ajudou muito na primeira parte da pesquisa. Ela me deu várias dicas e disse que não deveria ficar receoso em escolher esse tema, ela me indicou um referencial teórico para seguir com a pesquisa”.

tcc

Entre os amigos, o objeto de estudo escolhido por Vagner também foi sucesso. “Todo mundo amou a ideia e surgiram dois temas com temáticas pop também, uma amiga grande fã da Beyonce iria fazer sua monografia sobre feminismo se inspirou no meu tema e juntou Beyoncé com o Feminismo e um outro amigo de turma que estava sem saber qual tema escolher o incentivei a falar sobre a Ivete já que é um grande fã dela e ele acatou meu conselho”.