NOTÍCIAS

Fenômeno no YouTube, dupla Carol & Vitoria lança “Mais Que Um Verão”

Faixa é o primeiro trabalho autoral das irmãs, que já somam quase dois milhões de curtidas no Facebook

por Rebecca Silva em 23/03/2018

As irmãs Carol e Vitoria Marcílio formam a dupla que está fazendo barulho na internet e impressionando com os números. Depois de muitos covers no YouTube, elas estão lançando o primeiro clipe da autoral “Mais Que Um Verão”, em primeira mão para a Billboard Brasil.

Publicando versões de faixas famosas e “respostas” às letras que não as agradavam na plataforma digital, elas passaram dos 200 milhões de acessos e estão próximas dos 2 milhões de seguidores no Facebook.

Foi assim que as jovens de 18 e 17 anos chamaram a atenção do Instituto Avon que, em parceria com a ONU, tem o projeto “Quando Existe Voz”, do qual elas se tornaram embaixadoras globais.

O single autoral já foi escolhido para a trilha sonora da novela As Aventuras de Poliana, do SBT. O clipe, dirigido por Alexandre Stehling, mostra as irmãs em cenários montados de forma divertida em estúdio, com uso de animação que traz colorido ao vídeo, para representar as quatro estações cantadas no single.

As irmãs conversaram com a Billboard Brasil sobre a carreira:

Assim como outros artistas, vocês começaram publicando vídeos na internet. Como surgiu essa ideia?

Vitoria: Desde pequenas nós sempre tivemos esse sonho de cantar para milhares de pessoas e a internet proporcionou isso para nós. Porém, nunca imaginamos a proporção que isso chegaria. A ideia, no começo, era postar só para os nossos amigos e família. Mas algumas pessoas começaram a acompanhar e gostar, e nós começamos a postar cada vez mais e chegamos onde chegamos.

Carol: Antigamente o canal era só da Vi e ela, sozinha, já tinha conquistado 100 mil inscritos. Aí notamos que os vídeos que ela postava comigo tinham mais visualizações comparado aos vídeos só com ela, então começamos a gravar juntas com mais frequência e acabou que fizemos o canal ser de nós duas. 

Os vídeos eram de versões de músicas famosas e respostas às músicas que vocês não concordavam com as letras, né? Como foi compor a primeira música? 

Carol: Foi bem engraçado o dia em que escrevemos a primeira “resposta” [risos]. A gente viu um mini cover de uma amiga nossa no Instagram do funk “A Gente Brigou”, do MC Don Juan, e piramos muito na melodia daquela música. Ficamos loucas para gravar, mas fizemos isso contando a nossa versão da história, ou seja, o ponto de vista da menina da relação. 

Os vídeos são bem simples, gravados de forma caseira. Como foi a experiência de gravar um clipe profissional?

Carol: Foi a realização de um sonho, ver um clipe de uma música da nossa carreira sendo feito do jeitinho que a gente sempre imaginou.

Vitoria: Foi surreal, parece que o que a gente sonhou a vida toda estava se concretizando na nossa frente. Quando nós estávamos lá, vinham flashbacks na minha cabeça da gente com 14 anos no tapete da sala começando a escrever e pensando: “Será que algum dia as pessoas vão gostar?” E parece que a pergunta foi respondida... 

A maioria do público do canal é formado por jovens mulheres, assim como vocês. Como é ter esse reconhecimento dos seus pares? 

Carol: Uma meta que eu sempre tive na vida era a de poder influenciar a minha geração positivamente, passar amor, respeito e luz para qualquer pessoa em qualquer lugar que eu fosse. Então, ter esse reconhecimento da geração mais jovem é um dos fatores que nos dá mais gás para continuar com o trabalho. 

Vitoria: É como se fosse uma grande família. E, como diz aquele ditado, “mexeu com uma, mexeu com todas”. O que for do nosso alcance, nós vamos fazer! Para que essas vozes não se calem e não passem desapercebidas.

 A grande maioria dos vídeos são de músicas brasileiras, em português, mas de todos os gêneros. Quais são as suas maiores referências na música? 

Vitoria: Nós somos muito ecléticas, na nossa playlist tem de gospel até funk. Mas o que eu escuto mais é folk e MPB; Tiago Iorc, Anavitória, Os Arrais.

Carol: Se abrir nosso Spotify vai ter de tudo um pouco, mas acho que, pensando na carreira como um todo, eu diria que a Anitta é a meta de atriz/cantora/empresária/influenciadora que eu pretendo ser um dia.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ausência
Marília Mendonça
2
Beijo de Varanda
Bruno & Marrone
3
Buá Buá
Naiara Azevedo
4
Olha Ela Aí
Eduardo Costa
5
Cada Um Na Sua
Fernando & Sorocaba
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Fenômeno no YouTube, dupla Carol & Vitoria lança “Mais Que Um Verão”

Faixa é o primeiro trabalho autoral das irmãs, que já somam quase dois milhões de curtidas no Facebook

por Rebecca Silva em 23/03/2018

As irmãs Carol e Vitoria Marcílio formam a dupla que está fazendo barulho na internet e impressionando com os números. Depois de muitos covers no YouTube, elas estão lançando o primeiro clipe da autoral “Mais Que Um Verão”, em primeira mão para a Billboard Brasil.

Publicando versões de faixas famosas e “respostas” às letras que não as agradavam na plataforma digital, elas passaram dos 200 milhões de acessos e estão próximas dos 2 milhões de seguidores no Facebook.

Foi assim que as jovens de 18 e 17 anos chamaram a atenção do Instituto Avon que, em parceria com a ONU, tem o projeto “Quando Existe Voz”, do qual elas se tornaram embaixadoras globais.

O single autoral já foi escolhido para a trilha sonora da novela As Aventuras de Poliana, do SBT. O clipe, dirigido por Alexandre Stehling, mostra as irmãs em cenários montados de forma divertida em estúdio, com uso de animação que traz colorido ao vídeo, para representar as quatro estações cantadas no single.

As irmãs conversaram com a Billboard Brasil sobre a carreira:

Assim como outros artistas, vocês começaram publicando vídeos na internet. Como surgiu essa ideia?

Vitoria: Desde pequenas nós sempre tivemos esse sonho de cantar para milhares de pessoas e a internet proporcionou isso para nós. Porém, nunca imaginamos a proporção que isso chegaria. A ideia, no começo, era postar só para os nossos amigos e família. Mas algumas pessoas começaram a acompanhar e gostar, e nós começamos a postar cada vez mais e chegamos onde chegamos.

Carol: Antigamente o canal era só da Vi e ela, sozinha, já tinha conquistado 100 mil inscritos. Aí notamos que os vídeos que ela postava comigo tinham mais visualizações comparado aos vídeos só com ela, então começamos a gravar juntas com mais frequência e acabou que fizemos o canal ser de nós duas. 

Os vídeos eram de versões de músicas famosas e respostas às músicas que vocês não concordavam com as letras, né? Como foi compor a primeira música? 

Carol: Foi bem engraçado o dia em que escrevemos a primeira “resposta” [risos]. A gente viu um mini cover de uma amiga nossa no Instagram do funk “A Gente Brigou”, do MC Don Juan, e piramos muito na melodia daquela música. Ficamos loucas para gravar, mas fizemos isso contando a nossa versão da história, ou seja, o ponto de vista da menina da relação. 

Os vídeos são bem simples, gravados de forma caseira. Como foi a experiência de gravar um clipe profissional?

Carol: Foi a realização de um sonho, ver um clipe de uma música da nossa carreira sendo feito do jeitinho que a gente sempre imaginou.

Vitoria: Foi surreal, parece que o que a gente sonhou a vida toda estava se concretizando na nossa frente. Quando nós estávamos lá, vinham flashbacks na minha cabeça da gente com 14 anos no tapete da sala começando a escrever e pensando: “Será que algum dia as pessoas vão gostar?” E parece que a pergunta foi respondida... 

A maioria do público do canal é formado por jovens mulheres, assim como vocês. Como é ter esse reconhecimento dos seus pares? 

Carol: Uma meta que eu sempre tive na vida era a de poder influenciar a minha geração positivamente, passar amor, respeito e luz para qualquer pessoa em qualquer lugar que eu fosse. Então, ter esse reconhecimento da geração mais jovem é um dos fatores que nos dá mais gás para continuar com o trabalho. 

Vitoria: É como se fosse uma grande família. E, como diz aquele ditado, “mexeu com uma, mexeu com todas”. O que for do nosso alcance, nós vamos fazer! Para que essas vozes não se calem e não passem desapercebidas.

 A grande maioria dos vídeos são de músicas brasileiras, em português, mas de todos os gêneros. Quais são as suas maiores referências na música? 

Vitoria: Nós somos muito ecléticas, na nossa playlist tem de gospel até funk. Mas o que eu escuto mais é folk e MPB; Tiago Iorc, Anavitória, Os Arrais.

Carol: Se abrir nosso Spotify vai ter de tudo um pouco, mas acho que, pensando na carreira como um todo, eu diria que a Anitta é a meta de atriz/cantora/empresária/influenciadora que eu pretendo ser um dia.