NOTÍCIAS

M.I.A. critica o VMA por ignorar “Borders”

Assim como Nick Jonas, a cantora se pronunciou após ficar de fora da lista de indicados

por Redação em 28/07/2016

A cantora M.I.A. não escondeu seu descontentamento com a lista de indicados ao VMA 2016. A MC do Sri Lanka usou seu Twitter para criticar a premiação por omitir sua música “Borders” das indicações.

 

"MIA - BORDERS não está inclusa no VMA #hahahahahaha!!! Racismo, sexismo, elitismo. Borders foi feita para representar pessoas de fora dos Estados Unidos. É o exemplo perfeito de vozes “aceitas” e vozes excluídas”.

Seus recentes lançamentos incluem a politizada “Borders” e a colaboração “Go Off”, com Skrillex. Por causa de suas opiniões sem filtro sobre refugiados sírios, a cantora foi cortada do festival de música Afropunk, em Londres, Inglaterra.

BEYONCÉ E ADELE DOMINAM INDICAÇÕES PARA O VMA 2016

Seu próximo álbum, A.I.M., deve ser seu último projeto e tem data prevista de lançamento para 9 de setembro. “Sim, acho que será meu último disco. Quero fazer outras coisas, tirar umas férias. Vou continuar fazendo música, mas não álbuns”, disse M.I.A. em entrevista à BBC Radio 1.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Não Abro Mão
Maiara & Maraisa
2
Infarto
Diego & Victor Hugo
3
Solteiro Não Trai
Gustavo Mioto
3
Vingança (Part. MC Kekel)
Luan Santana
5
Atrasadinha (Part. Ferrugem)
Felipe Araújo
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

M.I.A. critica o VMA por ignorar “Borders”

Assim como Nick Jonas, a cantora se pronunciou após ficar de fora da lista de indicados

por Redação em 28/07/2016

A cantora M.I.A. não escondeu seu descontentamento com a lista de indicados ao VMA 2016. A MC do Sri Lanka usou seu Twitter para criticar a premiação por omitir sua música “Borders” das indicações.

 

"MIA - BORDERS não está inclusa no VMA #hahahahahaha!!! Racismo, sexismo, elitismo. Borders foi feita para representar pessoas de fora dos Estados Unidos. É o exemplo perfeito de vozes “aceitas” e vozes excluídas”.

Seus recentes lançamentos incluem a politizada “Borders” e a colaboração “Go Off”, com Skrillex. Por causa de suas opiniões sem filtro sobre refugiados sírios, a cantora foi cortada do festival de música Afropunk, em Londres, Inglaterra.

BEYONCÉ E ADELE DOMINAM INDICAÇÕES PARA O VMA 2016

Seu próximo álbum, A.I.M., deve ser seu último projeto e tem data prevista de lançamento para 9 de setembro. “Sim, acho que será meu último disco. Quero fazer outras coisas, tirar umas férias. Vou continuar fazendo música, mas não álbuns”, disse M.I.A. em entrevista à BBC Radio 1.