NOTÍCIAS

NFL confirma shows de Maroon 5, Travis Scott e Big Boi no intervalo do Super Bowl

Liga está encontrando dificuldades para convencer artistas após controvérsia com jogador

por Redação em 14/01/2019

O show do intervalo do Super Bowl deste ano foi finalmente confirmado. A NFL (Liga de Futebol Americano dos Estados Unidos) anunciou neste domingo (13/01) que o Maroon 5 se apresentará acompanhado de Travis Scott e Big Boi em Atlanta, em 3 de fevereiro. 

Nos últimos meses, inúmeros artistas de renome – como Rihanna, Adele, JAY-Z, P!nk e Cardi B – teriam, supostamente, negado convites para se apresentarem no evento em solidariedade ao jogador Colin Kaepernick. 

A controvérsia envolvendo Kaepernick teve início quando o jogador, até então do San Francisco 49ers, começou a ajoelhar durante o hino nacional em 2016 como forma de protesto pela desigualdade racial nos Estados Unidos. Kaepernick não joga mais profissionalmente desde março de 2017. O jogador entrou com queixa contra a liga e seus donos no ano passado por conspirarem para que ele não seja contratado. 

Antes de anunciar o lineup oficial, a Billboard confirmou que Travis Scott impôs uma condição para seguir em frente e assinar o contrato: que a NFL fizesse uma doação conjunta para uma organização que lute por justiça social.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Atrasadinha (Part. Ferrugem)
Felipe Araújo
2
Infarto
Diego & Victor Hugo
3
Pronta pra Trair
Yasmin Santos
4
Solteiro Não Trai
Gustavo Mioto
5
Vingança (Part. MC Kekel)
Luan Santana
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

NFL confirma shows de Maroon 5, Travis Scott e Big Boi no intervalo do Super Bowl

Liga está encontrando dificuldades para convencer artistas após controvérsia com jogador

por Redação em 14/01/2019

O show do intervalo do Super Bowl deste ano foi finalmente confirmado. A NFL (Liga de Futebol Americano dos Estados Unidos) anunciou neste domingo (13/01) que o Maroon 5 se apresentará acompanhado de Travis Scott e Big Boi em Atlanta, em 3 de fevereiro. 

Nos últimos meses, inúmeros artistas de renome – como Rihanna, Adele, JAY-Z, P!nk e Cardi B – teriam, supostamente, negado convites para se apresentarem no evento em solidariedade ao jogador Colin Kaepernick. 

A controvérsia envolvendo Kaepernick teve início quando o jogador, até então do San Francisco 49ers, começou a ajoelhar durante o hino nacional em 2016 como forma de protesto pela desigualdade racial nos Estados Unidos. Kaepernick não joga mais profissionalmente desde março de 2017. O jogador entrou com queixa contra a liga e seus donos no ano passado por conspirarem para que ele não seja contratado. 

Antes de anunciar o lineup oficial, a Billboard confirmou que Travis Scott impôs uma condição para seguir em frente e assinar o contrato: que a NFL fizesse uma doação conjunta para uma organização que lute por justiça social.