NOTÍCIAS

Piloto que faleceu em queda de avião listou Taylor Swift como contato de emergência

Michael Callon era obcecado pela artista e já havia enviado cartas suspeitas para ela anteriormente

por Redação em 08/08/2018

Um piloto privado que faleceu após a queda do avião que conduzia em Nashville, Estados Unidos, teria escrito cartas para Taylor Swift depois de se apaixonar pela cantora.

O piloto canadense Michael Callon tentou pousar, sem sucesso, o pequeno avião, mas foi atrapalhado pela neblina no aeroporto de Nashville. O acidente fatal aconteceu em outubro de 2013.

No momento do acidente, o piloto de 45 anos era o único passageiro do avião de modelo Cessna 172R e tinha passado do limite permitido de álcool no sangue para pilotar.

Callon também tinha histórico de já ter enviado cartas para a cantora, algo revelado em uma avaliação psicológica feita em 2012. De acordo com o médico, as cartas tinham “traços de perseguição”.

No plano de voo, Callon listou seu destino como Ontário, no Canadá, mas se dirigiu para Nashville, cidade natal de Taylor, onde o acidente fatal aconteceu. Para a empresa de quem Callon alugou o avião, a Windsor Flying Club, o piloto listou a cantora como seu contato de emergência.

A história foi descoberta agora, como parte de uma reportagem do canal WSMV-TV.

 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Zé da Recaída
Gusttavo Lima
2
Só Pra Castigar
Wesley Safadão
3
Sofázinho (Part. Jorge & Mateus)
Luan Santana
4
Atrasadinha (Part. Ferrugem)
Felipe Araújo
5
Notificação Preferida
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Piloto que faleceu em queda de avião listou Taylor Swift como contato de emergência

Michael Callon era obcecado pela artista e já havia enviado cartas suspeitas para ela anteriormente

por Redação em 08/08/2018

Um piloto privado que faleceu após a queda do avião que conduzia em Nashville, Estados Unidos, teria escrito cartas para Taylor Swift depois de se apaixonar pela cantora.

O piloto canadense Michael Callon tentou pousar, sem sucesso, o pequeno avião, mas foi atrapalhado pela neblina no aeroporto de Nashville. O acidente fatal aconteceu em outubro de 2013.

No momento do acidente, o piloto de 45 anos era o único passageiro do avião de modelo Cessna 172R e tinha passado do limite permitido de álcool no sangue para pilotar.

Callon também tinha histórico de já ter enviado cartas para a cantora, algo revelado em uma avaliação psicológica feita em 2012. De acordo com o médico, as cartas tinham “traços de perseguição”.

No plano de voo, Callon listou seu destino como Ontário, no Canadá, mas se dirigiu para Nashville, cidade natal de Taylor, onde o acidente fatal aconteceu. Para a empresa de quem Callon alugou o avião, a Windsor Flying Club, o piloto listou a cantora como seu contato de emergência.

A história foi descoberta agora, como parte de uma reportagem do canal WSMV-TV.