NOTÍCIAS

Primeiro single dos Beatles, “Love Me Do” entra para o Guinness Book

por em 05/10/2012
Imagem: Divulgação

Mais um recorde entrou para a conta dos Beatles.  A faixa “Love Me Do” foi apresentada por um coro de 1.631 vozes, nesta sexta-feira (5), em Liverpool, como parte das celebrações do 50º aniversário da canção.

Com pessoas de diversos países do mundo, o flash mob vocal bateu o recorde americano.

Além de convocar o maior coral da história, o museu Beatles Story irá realizar neste final de semana a Love Me Do Weekend, com diversas homenagens pelo aniversário do primeiro single de sucesso do quarteto britânico.

O recorde anterior havia sido batido em Chicago, em 2011, quando 897 vozes cantaram o tema "Danke Schoen", que fez o cantor americano, Wayne Newton, ficar popular no anos 60. O coro foi feito em homenagem aos 25 anos do filme Curtindo a Vida Adoidado, dirigido pelo também americano John Hughes.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Beijo de Varanda
Bruno & Marrone
2
Buá Buá
Naiara Azevedo
3
Contramão
Gustavo Mioto
4
Ausência
Marília Mendonça
5
Olha Ela Aí
Eduardo Costa
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Primeiro single dos Beatles, “Love Me Do” entra para o Guinness Book

por em 05/10/2012
Imagem: Divulgação

Mais um recorde entrou para a conta dos Beatles.  A faixa “Love Me Do” foi apresentada por um coro de 1.631 vozes, nesta sexta-feira (5), em Liverpool, como parte das celebrações do 50º aniversário da canção.

Com pessoas de diversos países do mundo, o flash mob vocal bateu o recorde americano.

Além de convocar o maior coral da história, o museu Beatles Story irá realizar neste final de semana a Love Me Do Weekend, com diversas homenagens pelo aniversário do primeiro single de sucesso do quarteto britânico.

O recorde anterior havia sido batido em Chicago, em 2011, quando 897 vozes cantaram o tema "Danke Schoen", que fez o cantor americano, Wayne Newton, ficar popular no anos 60. O coro foi feito em homenagem aos 25 anos do filme Curtindo a Vida Adoidado, dirigido pelo também americano John Hughes.