NOTÍCIAS

Salvador: Claudia Leitte apresenta o Carnaval para Pitbull

A Billboard Brasil acompanhou o trio Blow Out nesta sexta-feira, que além da presença do norte-americano também contou com apresentação de Zeeba

por Rebecca Silva em 10/02/2018

Depois de se apresentar na abertura do Carnaval de Salvador deste ano em um trio sem cordas na quinta-feira (08/02), Claudia Leitte voltou ao circuito Barra-Ondina no fim da tarde desta sexta-feira (09/02) com o seu bloco Blow Out. E a Billboard Brasil estava em cima do trio para acompanhar os bastidores da festa.

Com o trio estacionado em frente ao Farol da Barra, a farra começou atrasada – o que rendeu um pequeno coro de vaias – ao som de “Carnaval”, atual música de trabalho de Claudia. A faixa tinha tudo para ser o ápice do trio da noite anterior, mas a ausência inesperada do norte-americano Pitbull fez com que o encontro entre os dois fosse adiado. Muito divulgada, a participação do cantor seria um dos atrativos do bloco de Claudia, mas segundo informações oficiais, ele passou mal e precisou cancelar de última hora a apresentação. Nesta sexta, porém, já se fez presente ao lado da brasileira na primeira música.

Além do single “Carnaval”, que mistura inglês e espanhol, Pitbull também aproveitou a plataforma para apresentar um medley de alguns de seus sucessos, como “Don’t Stop The Party” e “Give Me Everything”, sucessos radiofônicos no país e que animaram o público acompanhando o circuito. Já o single mais recente, “Muévelo Loca Boom Boom” não teve ressonância com o mar de gente que assistia ao Blow Out em nenhuma das vezes em que foi apresentada. Ao todo, Pitbull fez três participações no trio e, em cada uma, fez o gringo animado e usou figurino com as cores verde e amarela, incluindo a camisa da Seleção Brasileira com o nome de Neymar.

image2

Acompanhado de duas dançarinas, o norte-americano caprichou nas exigências que mobilizaram boa parte do trio a cada vez que ele subiu para se apresentar. Com a ajuda de Claudia, suas frases agradecendo o carinho e abençoando o público eram traduzidas ora do inglês, ora do espanhol.

Como prova de que o Carnaval não fala apenas um idioma, mas fala de sucessos, Zeeba, outro convidado, levantou o público ao cantar o hit “Hear Me Now” ao lado de Claudia. Na segunda apresentação da noite, em frente ao tradicional Camarote do Nana, cantou também “Never Let Me Go”, que ganhou uma sonoridade mais puxada pro axé com a ajuda dos percussionistas da banda da cantora. Enquanto esperava para se apresentar, o cantor se divertiu ao lado de amigos no trio e até jogou em apps no seu celular. Lembrando que o percurso é longo – cerca de cinco horas no total – e, já ao final, o sinal de cansaço nos convidados era visível.

Para entreter o público, Claudia cantou sucessos atuais e antigos da carreira, passando desde “Lacradora” a “Bola de Sabão”. Faixas como “Taquitá” e “Corazón” foram deixadas para o final do percurso. O repertório também contou com outros sucessos da música brasileira atualmente como “Vai Malandra”, de Anitta – que saiu com o seu Bloco das Poderosas no mesmo circuito, algumas horas depois - “Pesadão”, de IZA, “K.O.”, de Pabllo Vittar e “Que Tiro Foi Esse”, de Jojo Toddynho. “Banzeiro”, single de Daniela Mercury, foi apresentado mais de uma vez e levantou o público, se mostrando uma das favoritas deste Carnaval. Clássicos da folia como “Prefixo de Verão”, “Frevo Mulher” e “Faraó Divindade do Egito” não ficaram de fora do repertório.

image3

Um momento curioso destoou do resto da apresentação. A cantora convidou o tenor lírico Thiago Arancam, figurinha carimbada em programas da Globo, para cantar "Amor Perfeito". No trio, a confusão era geral sobre quem era o cantor ao lado de Claudia, com os jornalistas recorrendo ao Google para saber mais sobre o convidado. Para completar, o dueto não deu muito certo por causa da natureza do canto lírico, que não se encaixou no clima do trio. Não necessariamente porque o ambiente desvaloriza o vocal – os artista cantam por horas a fio, sem pausas e precisam ter uma preparação específica para tal –, mas porque o Carnaval é sobre troca, sobre diversão, e não simplesmente sobre observação e admiração, o que costuma acontecer em óperas.

Uma prova desse fato: em Ondina, já no fim da apresentação, enquanto Claudia se despedia do público, rolou uma versão improvisada a capella entre ela e um grupo de fãs que arrepiou mais do que outros trechos do percurso.

Claudia Leitte volta a se apresentar neste domingo (11/02), no circuito Campo Grande. Na terça-feira (13/02), ela coloca o trio Largadinho no circuito Barra-Ondina e terá a companhia de Maiara & Maraisa.

A Billboard Brasil viajou para o Carnaval de Salvador a convite da produção da cantora Claudia Leitte.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ausência
Marília Mendonça
2
Beijo de Varanda
Bruno & Marrone
3
Buá Buá
Naiara Azevedo
4
Olha Ela Aí
Eduardo Costa
5
Cada Um Na Sua
Fernando & Sorocaba
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Salvador: Claudia Leitte apresenta o Carnaval para Pitbull

A Billboard Brasil acompanhou o trio Blow Out nesta sexta-feira, que além da presença do norte-americano também contou com apresentação de Zeeba

por Rebecca Silva em 10/02/2018

Depois de se apresentar na abertura do Carnaval de Salvador deste ano em um trio sem cordas na quinta-feira (08/02), Claudia Leitte voltou ao circuito Barra-Ondina no fim da tarde desta sexta-feira (09/02) com o seu bloco Blow Out. E a Billboard Brasil estava em cima do trio para acompanhar os bastidores da festa.

Com o trio estacionado em frente ao Farol da Barra, a farra começou atrasada – o que rendeu um pequeno coro de vaias – ao som de “Carnaval”, atual música de trabalho de Claudia. A faixa tinha tudo para ser o ápice do trio da noite anterior, mas a ausência inesperada do norte-americano Pitbull fez com que o encontro entre os dois fosse adiado. Muito divulgada, a participação do cantor seria um dos atrativos do bloco de Claudia, mas segundo informações oficiais, ele passou mal e precisou cancelar de última hora a apresentação. Nesta sexta, porém, já se fez presente ao lado da brasileira na primeira música.

Além do single “Carnaval”, que mistura inglês e espanhol, Pitbull também aproveitou a plataforma para apresentar um medley de alguns de seus sucessos, como “Don’t Stop The Party” e “Give Me Everything”, sucessos radiofônicos no país e que animaram o público acompanhando o circuito. Já o single mais recente, “Muévelo Loca Boom Boom” não teve ressonância com o mar de gente que assistia ao Blow Out em nenhuma das vezes em que foi apresentada. Ao todo, Pitbull fez três participações no trio e, em cada uma, fez o gringo animado e usou figurino com as cores verde e amarela, incluindo a camisa da Seleção Brasileira com o nome de Neymar.

image2

Acompanhado de duas dançarinas, o norte-americano caprichou nas exigências que mobilizaram boa parte do trio a cada vez que ele subiu para se apresentar. Com a ajuda de Claudia, suas frases agradecendo o carinho e abençoando o público eram traduzidas ora do inglês, ora do espanhol.

Como prova de que o Carnaval não fala apenas um idioma, mas fala de sucessos, Zeeba, outro convidado, levantou o público ao cantar o hit “Hear Me Now” ao lado de Claudia. Na segunda apresentação da noite, em frente ao tradicional Camarote do Nana, cantou também “Never Let Me Go”, que ganhou uma sonoridade mais puxada pro axé com a ajuda dos percussionistas da banda da cantora. Enquanto esperava para se apresentar, o cantor se divertiu ao lado de amigos no trio e até jogou em apps no seu celular. Lembrando que o percurso é longo – cerca de cinco horas no total – e, já ao final, o sinal de cansaço nos convidados era visível.

Para entreter o público, Claudia cantou sucessos atuais e antigos da carreira, passando desde “Lacradora” a “Bola de Sabão”. Faixas como “Taquitá” e “Corazón” foram deixadas para o final do percurso. O repertório também contou com outros sucessos da música brasileira atualmente como “Vai Malandra”, de Anitta – que saiu com o seu Bloco das Poderosas no mesmo circuito, algumas horas depois - “Pesadão”, de IZA, “K.O.”, de Pabllo Vittar e “Que Tiro Foi Esse”, de Jojo Toddynho. “Banzeiro”, single de Daniela Mercury, foi apresentado mais de uma vez e levantou o público, se mostrando uma das favoritas deste Carnaval. Clássicos da folia como “Prefixo de Verão”, “Frevo Mulher” e “Faraó Divindade do Egito” não ficaram de fora do repertório.

image3

Um momento curioso destoou do resto da apresentação. A cantora convidou o tenor lírico Thiago Arancam, figurinha carimbada em programas da Globo, para cantar "Amor Perfeito". No trio, a confusão era geral sobre quem era o cantor ao lado de Claudia, com os jornalistas recorrendo ao Google para saber mais sobre o convidado. Para completar, o dueto não deu muito certo por causa da natureza do canto lírico, que não se encaixou no clima do trio. Não necessariamente porque o ambiente desvaloriza o vocal – os artista cantam por horas a fio, sem pausas e precisam ter uma preparação específica para tal –, mas porque o Carnaval é sobre troca, sobre diversão, e não simplesmente sobre observação e admiração, o que costuma acontecer em óperas.

Uma prova desse fato: em Ondina, já no fim da apresentação, enquanto Claudia se despedia do público, rolou uma versão improvisada a capella entre ela e um grupo de fãs que arrepiou mais do que outros trechos do percurso.

Claudia Leitte volta a se apresentar neste domingo (11/02), no circuito Campo Grande. Na terça-feira (13/02), ela coloca o trio Largadinho no circuito Barra-Ondina e terá a companhia de Maiara & Maraisa.

A Billboard Brasil viajou para o Carnaval de Salvador a convite da produção da cantora Claudia Leitte.