NOTÍCIAS

Supervisor musical de 13 Reasons Why fala sobre a trilha sonora da segunda temporada

Novos episódios do seriado produzido por Selena Gomez chegam à Netflix nesta sexta (18)

por Redação em 17/05/2018

Falta pouco para a estreia da segunda temporada de 13 Reasons Why na Netflix. A série volta nesta sexta-feira (18/05), com perguntas pendentes sobre o suicídio de Hannah Baker, o processo contra a escola Liberty High e pistas que indicam que a nova temporada terá foco no abuso sexual que Jessica sofreu. Com novos episódios, haverá uma nova trilha sonora, mais sombria, inspirada na raiva e na desilusão sentida pelos personagens e que conta com clássicos do pós-punk e faixas contemporâneas com a mesma pegada nervosa.

"Em qualquer temporada de qualquer seriado, você estabelece a estética do programa: a sonoridade, o tom, essas coisas”, diz o supervisor musical da série, Season Kent (Esquadrão Suicida, A Culpa é das Estrelas). “Não queríamos partir para o hip hop na segunda temporada. O criador, Brian Yorkey, era criança nos anos 1980, então é muito nostálgico para ele, mantivemos a sonoridade dos sintetizadores desta década, seja com músicas novas de bandas atuais que tiveram essa influência ou bandas que realmente são daquela década”, explica.

Enquanto a primeira temporada focou em clássicos de Joy Division, The Alarm, The Call e The Cure, junto com artistas novos como Sir Sly, Lord Huron, The Chromatics e Billie Eilish, Kent diz que a segunda temporada terá como foco o groove do pós-punk. “Os personagens estão um pouco mais bravos nesta temporada, além de conhecermos novos rostos que foram responsáveis pela introdução de uma nova sonoridade. Então, essa temporada é focada no punk dos anos 1980 e em novas bandas.”

Por isso, a partir de agora os fãs da série ouvirão clássicos de Agent Orange and the Buzzcocks e faixas como “Strength”, de The Alarm, “Cities in Dust”, de Siouxsie and the Banshees, “Love Vigilantes”, do New Order, e “The Killing Moon”, de Echo and the Bunnymen.

Nenhuma conversa sobre 13 Reasons Why é concluída sem mencionar o papel crucial da produtora executiva da série, a cantora Selena Gomez. “Ela sempre manteve a cabeça aberta sobre isso e entende que o programa tem uma sonoridade e algumas necessidades. Ela se mantém disponível para o que precisarmos. Na temporada passada, queríamos muito que ela fizesse um cover e nosso compositor fez a base para ela gravar”, conta sobre a versão da cantora para “Only You”, hit de 1982 de Yazoo.

Desta vez, além de um novo cover, Selena gravou uma faixa inédita para a trilha sonora da série, intitulada “Back To You”, que mescla uma sonoridade acústica com EDM – semelhantes às suas colaborações com Kygo e Marshmello. A cantora se perguntava quando seria a melhor hora para lançar o single até perceber que ele era perfeito para o retorno do seriado. “Teve ótimo uso na série e esse é o projeto dela; ela o trouxe para a Netflix e tem estado por trás de tudo desde o primeiro dia”, diz Kent, frisando que ainda que Selena não se envolva diariamente como produtora, ela tem noção do valor do público. “Temos sorte de ter alguém como ela na equipe.”

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Beijo de Varanda
Bruno & Marrone
2
Buá Buá
Naiara Azevedo
3
Contramão
Gustavo Mioto
4
Ausência
Marília Mendonça
5
Olha Ela Aí
Eduardo Costa
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Supervisor musical de 13 Reasons Why fala sobre a trilha sonora da segunda temporada

Novos episódios do seriado produzido por Selena Gomez chegam à Netflix nesta sexta (18)

por Redação em 17/05/2018

Falta pouco para a estreia da segunda temporada de 13 Reasons Why na Netflix. A série volta nesta sexta-feira (18/05), com perguntas pendentes sobre o suicídio de Hannah Baker, o processo contra a escola Liberty High e pistas que indicam que a nova temporada terá foco no abuso sexual que Jessica sofreu. Com novos episódios, haverá uma nova trilha sonora, mais sombria, inspirada na raiva e na desilusão sentida pelos personagens e que conta com clássicos do pós-punk e faixas contemporâneas com a mesma pegada nervosa.

"Em qualquer temporada de qualquer seriado, você estabelece a estética do programa: a sonoridade, o tom, essas coisas”, diz o supervisor musical da série, Season Kent (Esquadrão Suicida, A Culpa é das Estrelas). “Não queríamos partir para o hip hop na segunda temporada. O criador, Brian Yorkey, era criança nos anos 1980, então é muito nostálgico para ele, mantivemos a sonoridade dos sintetizadores desta década, seja com músicas novas de bandas atuais que tiveram essa influência ou bandas que realmente são daquela década”, explica.

Enquanto a primeira temporada focou em clássicos de Joy Division, The Alarm, The Call e The Cure, junto com artistas novos como Sir Sly, Lord Huron, The Chromatics e Billie Eilish, Kent diz que a segunda temporada terá como foco o groove do pós-punk. “Os personagens estão um pouco mais bravos nesta temporada, além de conhecermos novos rostos que foram responsáveis pela introdução de uma nova sonoridade. Então, essa temporada é focada no punk dos anos 1980 e em novas bandas.”

Por isso, a partir de agora os fãs da série ouvirão clássicos de Agent Orange and the Buzzcocks e faixas como “Strength”, de The Alarm, “Cities in Dust”, de Siouxsie and the Banshees, “Love Vigilantes”, do New Order, e “The Killing Moon”, de Echo and the Bunnymen.

Nenhuma conversa sobre 13 Reasons Why é concluída sem mencionar o papel crucial da produtora executiva da série, a cantora Selena Gomez. “Ela sempre manteve a cabeça aberta sobre isso e entende que o programa tem uma sonoridade e algumas necessidades. Ela se mantém disponível para o que precisarmos. Na temporada passada, queríamos muito que ela fizesse um cover e nosso compositor fez a base para ela gravar”, conta sobre a versão da cantora para “Only You”, hit de 1982 de Yazoo.

Desta vez, além de um novo cover, Selena gravou uma faixa inédita para a trilha sonora da série, intitulada “Back To You”, que mescla uma sonoridade acústica com EDM – semelhantes às suas colaborações com Kygo e Marshmello. A cantora se perguntava quando seria a melhor hora para lançar o single até perceber que ele era perfeito para o retorno do seriado. “Teve ótimo uso na série e esse é o projeto dela; ela o trouxe para a Netflix e tem estado por trás de tudo desde o primeiro dia”, diz Kent, frisando que ainda que Selena não se envolva diariamente como produtora, ela tem noção do valor do público. “Temos sorte de ter alguém como ela na equipe.”