NOTÍCIAS

XXXTentacion confessa crimes em gravação divulgada na internet

Pitchfork conseguiu material com promotoria; no áudio, rapper morto em junho assume casos de violência doméstica e esfaqueamento

por Redação em 24/10/2018

Uma gravação em que o rapper XXXTentacion confessa uma série de crimes violentos foi divulgada na internet.

O artista foi morto a tiros em junho, quando deixava uma concessionária de motos em Miami, Estados Unidos. Segundo a polícia, seu carro foi bloqueado por outro veículo. Dois homens mascarados atiraram no rapper e fugiram com uma bolsa da Louis Vuitton contendo US$ 50 mil.

XXXTentacion era mais conhecido por seus problemas com a lei do que por sua música. Ele já tinha histórico de condenações por violência doméstica, incluindo agressão a sua ex-namorada quando ela estava grávida e cárcere privado.

O site Pitchfork conseguiu a gravação da promotoria do condado de Miami Dade, em que o rapper fala sobre inúmeros crimes, incluindo violência doméstica. Ao falar sobre a ex-namorada, que ele acreditava que o traía, XXXTentacion diz: “Coloquei minha fonte de felicidade em outra pessoa, o que foi um erro, certo? Mas ela fracassou em todas as ocasiões até agora. Até eu começar a acabar com ela, irmão. Comecei a acabar com ela porque ela cometeu um erro. Agora ela está com medo. Temendo pela própria vida. O que eu compreendo”. Na gravação, ele não dá detalhes do que fez contra a vítima, mas completa: “Eu vou matar aquela vadia se ela brincar comigo”.

Depois, o rapper fala sobre um incidente envolvendo esfaqueamento em Deerfield Beach, Flórida, em 2016. A polícia procurou pelo responsável por esfaquear três pessoas durante uma briga. Apesar de ninguém ter sido preso pelo crime, de acordo com o Pitchfork, uma testemunha viu “um homem negro, com tatuagens no rosto, balançando uma faca em múltiplas direções”. Na gravação, ele diz: “Estou no jornal Miami Times por esfaqueamento, quantas pessoas vão parar nos jornais? Eles dizem que foram três vítimas, mas foram oito. Você já viu alguém cortar a própria língua fora? Já viu alguém ser estuprado? Alguém tentar matar a sua mãe na sua frente? Todas as noites, quando você vai dormir, se lembra do que viu, do que sentiu. Ninguém pode ajudar. É algo com o qual preciso lidar."

A procuradoria do condado de Miami Dade afirma que “tanto a promotoria, quanto a defesa de XXXTentacion consideraram a gravação como uma confissão”.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Zé da Recaída
Gusttavo Lima
2
Só Pra Castigar
Wesley Safadão
3
Atrasadinha (Part. Ferrugem)
Felipe Araújo
4
Notificação Preferida
Zé Neto & Cristiano
5
Sofázinho (Part. Jorge & Mateus)
Luan Santana
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

XXXTentacion confessa crimes em gravação divulgada na internet

Pitchfork conseguiu material com promotoria; no áudio, rapper morto em junho assume casos de violência doméstica e esfaqueamento

por Redação em 24/10/2018

Uma gravação em que o rapper XXXTentacion confessa uma série de crimes violentos foi divulgada na internet.

O artista foi morto a tiros em junho, quando deixava uma concessionária de motos em Miami, Estados Unidos. Segundo a polícia, seu carro foi bloqueado por outro veículo. Dois homens mascarados atiraram no rapper e fugiram com uma bolsa da Louis Vuitton contendo US$ 50 mil.

XXXTentacion era mais conhecido por seus problemas com a lei do que por sua música. Ele já tinha histórico de condenações por violência doméstica, incluindo agressão a sua ex-namorada quando ela estava grávida e cárcere privado.

O site Pitchfork conseguiu a gravação da promotoria do condado de Miami Dade, em que o rapper fala sobre inúmeros crimes, incluindo violência doméstica. Ao falar sobre a ex-namorada, que ele acreditava que o traía, XXXTentacion diz: “Coloquei minha fonte de felicidade em outra pessoa, o que foi um erro, certo? Mas ela fracassou em todas as ocasiões até agora. Até eu começar a acabar com ela, irmão. Comecei a acabar com ela porque ela cometeu um erro. Agora ela está com medo. Temendo pela própria vida. O que eu compreendo”. Na gravação, ele não dá detalhes do que fez contra a vítima, mas completa: “Eu vou matar aquela vadia se ela brincar comigo”.

Depois, o rapper fala sobre um incidente envolvendo esfaqueamento em Deerfield Beach, Flórida, em 2016. A polícia procurou pelo responsável por esfaquear três pessoas durante uma briga. Apesar de ninguém ter sido preso pelo crime, de acordo com o Pitchfork, uma testemunha viu “um homem negro, com tatuagens no rosto, balançando uma faca em múltiplas direções”. Na gravação, ele diz: “Estou no jornal Miami Times por esfaqueamento, quantas pessoas vão parar nos jornais? Eles dizem que foram três vítimas, mas foram oito. Você já viu alguém cortar a própria língua fora? Já viu alguém ser estuprado? Alguém tentar matar a sua mãe na sua frente? Todas as noites, quando você vai dormir, se lembra do que viu, do que sentiu. Ninguém pode ajudar. É algo com o qual preciso lidar."

A procuradoria do condado de Miami Dade afirma que “tanto a promotoria, quanto a defesa de XXXTentacion consideraram a gravação como uma confissão”.