NOTÍCIAS

YouTube anuncia serviço de música, o YouTube Music

Estreia será em 22 de maio em cinco países, incluindo EUA e Coreia do Sul

O YouTube anunciou o lançamento de um serviço de música, o YouTube Music, com estreia prevista para 22 de maio, e revelou que, em breve, terá um produto pago que vai cobrar mais por seus programas originais.

O serviço pago de vídeo a ser lançado se chama YouTube Premium, uma versão melhorada do serviço YouTube Red.

O YouTube Music será lançado gratuitamente e apoiado por publicidade, enquanto o YouTube Music Premium, versão paga sem propaganda, será disponibilizado por US$ 9,99 por mês.

Para os atuais usuários do YouTube Red, o preço atual vai continuar no YouTube Premium, afirmou a empresa.

O YouTube Music será lançado nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, México e Coreia do Sul e, posteriormente, ampliado para outros países nas próximas semanas.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Zé da Recaída
Gusttavo Lima
2
Só Pra Castigar
Wesley Safadão
3
Atrasadinha (Part. Ferrugem)
Felipe Araújo
4
Notificação Preferida
Zé Neto & Cristiano
5
Sofázinho (Part. Jorge & Mateus)
Luan Santana
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

YouTube anuncia serviço de música, o YouTube Music

Estreia será em 22 de maio em cinco países, incluindo EUA e Coreia do Sul

por Redação, com Reuters em 17/05/2018

O YouTube anunciou o lançamento de um serviço de música, o YouTube Music, com estreia prevista para 22 de maio, e revelou que, em breve, terá um produto pago que vai cobrar mais por seus programas originais.

O serviço pago de vídeo a ser lançado se chama YouTube Premium, uma versão melhorada do serviço YouTube Red.

O YouTube Music será lançado gratuitamente e apoiado por publicidade, enquanto o YouTube Music Premium, versão paga sem propaganda, será disponibilizado por US$ 9,99 por mês.

Para os atuais usuários do YouTube Red, o preço atual vai continuar no YouTube Premium, afirmou a empresa.

O YouTube Music será lançado nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, México e Coreia do Sul e, posteriormente, ampliado para outros países nas próximas semanas.